ONDJAKI E JOÃO PAULO BORGES COELHO: NARRATIVAS E(M) TRANSIÇÃO

Autores

  • Rita Chaves Universidade de São Paulo (USP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i17.50535

Palavras-chave:

Ondjaki, João Paulo Borges Coelho, narrativa, colonialismo, transição

Resumo

O ARTIGO FOCALIZA BOM DIA, CAMARADAS, DO ANGOLANO ONDJAKI, E A CRÔNICA DA RUA 513.2, DO MOÇAMBICANO JOÃO PAULO BORGES COELHO, ABORDANDO AS MARCAS DA RUPTURA NO COTIDIANO QUE SE INSTALA NO PERÍODO QUE SE SEGUE À INDEPENDÊNCIA DE ANGOLA E MOÇAMBIQUE, ATENTANDO PARA O TRATAMENTO DOS SINAIS DA SOCIEDADE QUE SERIA POSSÍVEL COMPOR COM O MATERIAL HERDADO EM TÃO COMPLICADO PROCESSO HISTÓRICO.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-28

Como Citar

Chaves, R. (2010). ONDJAKI E JOÃO PAULO BORGES COELHO: NARRATIVAS E(M) TRANSIÇÃO. Via Atlântica, 11(1), 83-101. https://doi.org/10.11606/va.v0i17.50535

Edição

Seção

Dossiê 17: nação e narrativa pós-colonial