A MULHER EM ANGOLA NA LITERATURA COLONIAL DE LUÍS FIGUEIRA

Autores

  • Alberto Oliveira Pinto Universidade de Lisboa

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i17.50546

Palavras-chave:

literatura colonial, Luís Figueira, Angola, mulher

Resumo

ENUNCIANDO OS FUNDAMENTOS IDEOLÓGICOS DA LITERATURA COLONIAL PORTUGUESA NAS DÉCADAS DE 1920 E DE 1930, PROCEDE-SE A UM ESTUDO DE CASO DOS ROMANCES DE LUÍS FIGUEIRA, PRINCESA NEGRA (1932) E MIRAGEM AFRICANA (1935), PROCURANDO EVIDENCIAR A UTILIZAÇÃO, NA LITERATURA, DA MULHER ANGOLANA COMO INSTRUMENTO DE COLONIZAÇÃO SEXUAL, DIRECTA OU INDIRECTA, E DA MULHER PORTUGUESA COMO AGENTE DA MISSÃO CIVILIZADORA DO COLONIZADOR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-28

Como Citar

Pinto, A. O. (2010). A MULHER EM ANGOLA NA LITERATURA COLONIAL DE LUÍS FIGUEIRA. Via Atlântica, 11(1), 157-174. https://doi.org/10.11606/va.v0i17.50546