Contribuição da estilística para o ensino da poesia

Autores

  • José Hélder Pinheiro Alves Universidade Federal de Campina Grande - PB

DOI:

https://doi.org/10.11606/va.v0i28.98636

Palavras-chave:

estilística, Leo Spitzer, ensino de poesia

Resumo

O presente artigo propõe uma retomada de elementos do método de abordagem do texto literário utilizado pela estilística como instrumento de aproximação da poesia ao leitor em formação. Partiu-se, sobretudo, das formulações e análises empreendidas pelo mais destacado crítico da estilística, o vienense Leo Spitzer (1942, 2002). Aponta-se a contribuição de críticos brasileiro que lançaram mão desta perspectiva metodológica e discute-se os limites que qualquer método, sobretudo quando utilizado de modo mecânico. Reflete-se também sobre a necessidade de associar o método a uma perspectiva mais dialógica de ensino de literatura. Ao final, a partir de um poema de Mario Quintana, mostra-se como proceder em sala de aula visando estimular a descoberta de sentidos do poema pelo leitor através de uma leitura compartilhada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Hélder Pinheiro Alves, Universidade Federal de Campina Grande - PB

Professor de Literatura brasileira da Unidade Acadêmica de Letras da Universidade Federal de Campina Grande.

Downloads

Publicado

2015-12-22

Como Citar

Alves, J. H. P. (2015). Contribuição da estilística para o ensino da poesia. Via Atlântica, (28), 143-160. https://doi.org/10.11606/va.v0i28.98636

Edição

Seção

Dossiê 28: Literatura e Educação