Imagem e poder

a simbologia por trás de Carlos Bolsonaro na posse do presidente

  • Deysi Cioccari Faculdade Casper Líbero
  • Simonetta Persichetti Faculdade Casper Líbero
Palavras-chave: Comunicação, Política, Imagem

Resumo

Esse artigo analisa a simbologia por trás da imagem do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, na posse de seu pai como presidente da República em 1 de janeiro de 2019. O vereador desfilou no rolls-royce numa explicitação do complexo jogo de relações que define seu sentido, muito além da mera imagem do dia da posse. Analisamos a imagem fotográfica do dia da posse em comparação com todas as posses dos presidentes eleitos desde a redemocratização do país, em 1985. Entendemos que o filho do presidente cumpre um papel importante nessa lógica de guerra cultural, típica das redes sociais. Há coisas duras que um presidente não pode dizer. É útil ter quem diga por ele. Assim, o presidente se preserva (ou deveria), adotando tom mais moderado (deveria), como pede o cargo, mas tem um aliado estratégico.Como referencial teórico utilizamos Jacques Rancière e Maria Helena Weber.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Deysi Cioccari, Faculdade Casper Líbero
Pós-doutoranda em Comunicação pela Faculdade Cásper Líbero.

Referências

BOURDIEU, Pierre. La Distinction: Critique Sociale du Jugement.Paris,Minuit, 1979.

BOURDIEU, Pierre. “La Représentation Politique: Eléments pour une Théorie du Champ Politique”.Actes de la Recherche en Sciences Sociales, 1986,n. 64, pp. 5-19.

JOLY, Martine. Introdução à análise da imagem. 8. ed. Campinas: Papirus, 2005.

MIGUEL, Luis Felipe; BIROLI, Flávia, Visibilidade na mídia e campo político no Brasil. Dados - Revista de Ciências Sociais [en linea] 2010. Disponível em:<http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=21817696006> Acesso em: 20 fev. 2019.

RANCIÈRE, Jacques. A partilha do sensível: estética e política. Tradução: Mônica Costa Netto. São Paulo: EXO Experimental / Editora 34, 2005.

RANCIÈRE, Jacques. O espectador emancipado. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

SCHUDSON, Michael. The Power of News.Cambridge, MA, Harvard UniversityPress, 1995.

SOULAGES, François. Estética da Fotografia: perda e permanência. São Paulo: Editora SENAC, 2010.

WEBER, Maria Helena. In: Comunicação e Política: conceitos e abordagens. Org: Antonio Albino Canelas Rubim; Salvador : Edufba, 2004.

Publicado
2020-01-03
Como Citar
Cioccari, D., & Persichetti, S. (2020). Imagem e poder. Revista Alterjor, 21(1), 32-49. https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v21i1p32-49