A memória do telejornalismo: transformações ecnológicas e culturais do arquivamento, acesso e uso do arquivo de imagem da internet

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v23i1p278-295

Palavras-chave:

Telejornalismo, Arquivamento, Memória

Resumo

Esta pesquisa explana sobre as transformações nos processos de preservação da memória do telejornalismo, objetivando compreender o arquivamento, acesso e uso da imagem telejornalística no âmbito on-line. O objetivo geral é identificar as transformações, desafios e oportunidades das inovações tecnológicas, frente ao processo histórico de suportes de armazenamento audiovisual. A metodologia perpassa uma abordagem qualitativa, pesquisa bibliográfica e estratégia de pesquisa exploratória-descritiva, discorrendo sobre essas transformações e apresentando o Projeto Memória Globo como um lugar de memória audiovisual e jornalístico no universo digital. Identifica-se que os processos de arquivamento, acesso e uso das imagens têm passado por um processo de ressignificação das mídias analógicas para as mídias digitais.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Jullian Gomes de Souza, Universidade Federal do Cariri

Jornalista pela Universidade Federal do Ceará. Mestre em Biblioteconomia pelo Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri. Membro do Centro de Estudos e Pesquisa em Jornalismo (CEPEJor).

Referências

AVANCINI, Walter. A marca do diretor. In: SILVA JÚNIOR, Gonçalo. País da TV: a história da televisão brasileira por. São Paulo: Conrad Editora do Brasil, 2001.

BRASIL, Antonio; PAVLIK, John V. Big data, código computacional e arquivos de notícias televisivas: implicações dos avanços nos métodos de investigação audiovisual para a qualidade do jornalismo. Parágrafo, São Paulo, v. 4, n. 2, jul./dez., 2016.

BRASIL, Antonio. Dificuldades, limites e novas propostas para o acesso livre aos arquivos de telejornalismo brasileiros. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE
ANÁLISE DE TELEJORNALISMO: DESAFIOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS, 10., 2011, Salvador. Anais [...], Salvador, 2011. Disponível em: https://analisedetelejornalismo.files.wordpress.com/2011/08/brasil_antonio.pdf. Acesso em: 22 abr. 2020.

BRASIL, Antonio; FRAZÃO, Samira. Reflexões sobre o acesso aos arquivos de telejornais brasileiros. Famecos, Porto Alegre, v. 17, n. 28. 2012.

ECO, Umberto. Apocalípticos e integrados. 5. ed. São Paulo: Perspectiva, 1993.

EDMONDSON, Ray. Arquivística audiovisual: filosofia e princípios. Trad. de Carlos Roberto Rodrigues de Souza. – Brasília: UNESCO, 2017.
MELLO, Jaciara Novaes. Telejornalismo no Brasil. Covilhã: BOOC, 2009.

MUSSE, Christina Ferraz; THOMÉ, Cláudia. Telejornalismo e poder: memórias (re)construídas pelo “Jornal Nacional”. In: EMERIM, Cárlida; FINGER, Cristiane; PORCELLO, Flávio. Telejornalismo e poder. Coleção Jornalismo Audiovisual. v.5. Florianópolis: Insular, 2016. p. 65-83.
NEVES, Flora; Telejornalismo nos primeiros tempos: história de desafios. In: VIZEU, Alfredo; MELLO, Edna; PORCELLO, Flávio; COUTINHO; Iluska. (org.). Telejornal e praça pública: 65 anos de telejornalismo. Coleção Jornalismo Audiovisual. v. 4. Florianópolis: Insular, 2015. p. 25-48.

PORCELLO, Flávio; IHITZ, Greetchen Ferreira; PEIXOTO, Filipe. Arquivos do Telejornalismo: a memória fragmentada dos 65 anos de TV no Brasil. In: ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA, 10., 2015, Porto Alegre. Anais [...], Porto Alegre, 2015. Disponível em: http://www.ufrgs.br/alcar/encontros-nacionais-1/encontros-nacionais/10o-encontro-2015/gt-historia-da-midia-audiovisual-e-visual/arquivos-do-telejornalismo-a-memoria-fragmentada-dos-65-anos-de-tv-no-brasil/at_download/file. Acesso em: 18 abr. 2020.

REZENDE, Guilherme Jorge de. Telejornalismo no Brasil: um perfil editorial. São Paulo: Summus, 2000.

RIBEIRO, Ana Paula Goulart; SOUZA, Bruno; GOMES, Itania. A historicidade dos processos comunicacionais: elementos para uma abordagem. In: MUSSE, Christina Ferraz; VARGAS, Herom; NICOLAU, Marcos. (orgs.). Comunicação, mídias e temporalidades. Salvador: EDUFBA, 2017.

RICCO, Flávio; VANUCCI, José Armando. Biografia da televisão brasileira. 1. ed. São Paulo: Matriz, 2017.

SANTOS; Larissa Conceição dos; FERNANDES, Fábio Frá. Desafios à preservação da memória cultural no Brasil: um estudo no município de São Borja/RS. Revista Brasileira de Mídia, Teresina, v. 9, n. 1, jan./jun., 2020. Disponível em: https://revistas.ufpi.br/index.php/rbhm/article/view/8566/6418. Acesso em: 25 ago. 2020.

SATUF, Ivan. Onde está o ciberespaço? A metáfora da “nuvem” aplicada aos estudos da cibercultura. Ação Midiática, Curitiba, n.11, p. 201-220, jan/jun., 2016.

SILVA, Edna de Mello. As imagens do telejornal Imagens do Dia: a influência do cinejornalismo e do rádio na primeira fase do telejornalismo brasileiro. In: ENCONTRO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MÍDIA, 8., 2011, Guarapuava. Anais [...], Guarapuava: UNICENTRO, 2011.

SILVA, Edna de Mello. Fases do telejornalismo: uma proposta epistemológica. In: EMERIN, Cárlida; COUTINHO, Iluska; FINGER, Cristiane. (orgs.). Epistemologias do telejornalismo brasileiro. Coleção Jornalismo Audiovisual. v. 7. Florianópolis: Insular, 2018. p. 19-36
SOUZA, José Jullian Gomes de; CAJAZEIRA, Paulo Eduardo Silva Lins. Cultura do arquivamento audiovisual: armazenamento, acesso e recuperação da informação em ambientes digitais. Ci. Inf. Rev., Maceió, v. 7, n. 1, p. 71-85, jan./abr. 2020. Disponível em: http://www.seer.ufal.br/index.php/cir/article/view/9529. Acesso em: 10 jun. 2020.

Downloads

Publicado

2021-02-03

Como Citar

Souza, J. J. G. de. (2021). A memória do telejornalismo: transformações ecnológicas e culturais do arquivamento, acesso e uso do arquivo de imagem da internet. Revista Alterjor, 23(1), 278-295. https://doi.org/10.11606/issn.2176-1507.v23i1p278-295