Pátio cercado por árvores de espinho e outras frutas, sem ordem e sem simetria: O quintal em vilas e arraiais de Minas Gerais (séculos XVIII e XIX)

Autores

  • José Newton Coelho Meneses Universidade Federal de Minas Gerais; FAFICH; Departamento de História

DOI:

https://doi.org/10.1590/1982-02672015v23n0203

Resumo

O texto objetiva analisar os quintais urbanos e rurais em Minas Gerais, ao final do século XVIII e início do século XIX. Interpreta evidências documentais de inventários post mortem, narrativas de viajantes estrangeiros, documentos administrativos e iconográficos, interpretando esses espaços, na perspectiva da cultura material, como lugares de abastecimento alimentar, sociabilidades e da intimidade familiar. Considera a ligação dos quintais com a casa e as ruas e os vê como espaços de equilibrio da paisagem urbana.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2015-12-01

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material

Como Citar

MENESES, José Newton Coelho. Pátio cercado por árvores de espinho e outras frutas, sem ordem e sem simetria: O quintal em vilas e arraiais de Minas Gerais (séculos XVIII e XIX). Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 23, n. 2, p. 69–92, 2015. DOI: 10.1590/1982-02672015v23n0203. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/109634.. Acesso em: 19 jul. 2024.