Microambientes e conservação preventiva em áreas indoor: o caso do espaço interior não climatizado da Casa de Dona Yayá, em São Paulo (Brasil)

Autores

  • Andrea Cavicchioli Universidade de São Paulo
  • Priscila Leitão Denardi Alegre Pinacoteca do Estado de São Paulo
  • Ariel Guilger Simões Martins Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.1590/1982-02672017v25n0309

Palavras-chave:

Conservação preventiva, Ambientes interiores, Microambientes, Gestão ambiental

Resumo

Neste artigo, buscou-se resgatar criticamente o histórico do processo de consolidação da noção de conservação preventiva de bens culturais materiais baseada em controle ambiental e expor uma síntese do estado da arte dos conhecimentos sobre a ação dos agentes ambientais nos processos de degradação física, química e biológica dos materiais que tipicamente compõem tais bens. A discussão, desenvolvida principalmente na perspectiva de recintos interiores de instituições envolvidas na preservação da cultura material, perpassou por uma reflexão sobre o conceito de microambientes e microclimas e sobre a conveniência de sua afirmação na abordagem do problema. Os temas tratados foram contextualizados mediante o estudo do caso específico das áreas interiores da Casa de Dona Yayá, em São Paulo, no qual foram apresentadas e debatidas algumas possibilidades de atuação no processo de caracterização dos espaços indoor, suas potencialidades e limitações.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

2017-09-01

Edição

Seção

Conservação e Restauração

Como Citar

CAVICCHIOLI, Andrea; ALEGRE, Priscila Leitão Denardi; MARTINS, Ariel Guilger Simões. Microambientes e conservação preventiva em áreas indoor: o caso do espaço interior não climatizado da Casa de Dona Yayá, em São Paulo (Brasil). Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 25, n. 3, p. 291–340, 2017. DOI: 10.1590/1982-02672017v25n0309. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/146200.. Acesso em: 18 maio. 2024.