Trajetória e reconstituição digital de uma canoa do Museu Paulista – USP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1982-02672019v27e18d1

Palavras-chave:

Canoa, Monções, Museu, Fotogrametria, Anatomia da madeira

Resumo

Nesse artigo, pretende-se elaborar a trajetória expositiva do beque de proa de uma canoa pertencente ao acervo do Museu Paulista desde seu ingresso na instituição, em 1924, até os dias atuais, refletindo sobre a construção da memória das monções no museu ao longo do tempo. Também serão abordadas as atividades interdisciplinares realizadas entre o Museu Paulista, o Laboratório de Anatomia Vegetal do Instituto de Biociências – USP e o Departamento de Engenharia Naval da Escola Politécnica – USP, a fim de melhor compreender a constituição do canoão, agora musealizado, por meio dos resultados obtidos a partir da pesquisa histórica, dos trabalhos de conservação, dos processos de identificação anatômica da madeira e de fotogrametria de curto alcance.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Maria Aparecida de Menezes Borrego, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Mestre e doutora em História Social pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutora em História Social pelo Museu Paulista da USP. Docente do Museu Paulista da USP e do Programa de Pós-graduação em História Social da mesma Universidade. A autora desenvolveu o artigo com o apoio da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP, modalidade Auxílio à Pesquisa, e no âmbito do Projeto Temático Coletar, identificar, processar, difundir: o ciclo curatorial e a produção do conhecimento. 

  • Bernardo Luís Rodrigues de Andrade, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Mestre e doutor em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da USP e pós-doutor em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Docente do Departamento de Engenharia Naval e Oceânica da Escola Politécnica da USP.

  • Gregório Cardoso Tápias Ceccantini, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Mestre e doutor em Ciências Biológicas (Botânica) pela Universidade de São Paulo, e pós-doutor na Universidade de Harvard. Docente do Departamento de Botânica do Instituto de Biociências (IB) da USP.

  • Milena de Godoy Veiga, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Graduada em Ciências Biológicas pela USP. Doutoranda em Botânica no IB-USP.

  • Fillipe Rocha Esteves, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Graduado em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da USP. Bolsista do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT).

  • Pedro Henrique Bulla, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Graduado em Engenharia de Produção na Escola Politécnica da USP.

  • Gabriel Bustani Valente, Universidade de São Paulo / São Paulo, SP, Brasil

    Graduando em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da USP.

Referências

FONTES MANUSCRITAS

MOTTA, Eugênio. [Carta]. Destinatário: Afonso d’Escragnolle Taunay. Porto Feliz, 25 out. 1917. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu Paulista-USP. APMP/FMP – Série: correspondência.

MOTTA, Eugênio. [Carta]. Destinatário: Afonso d’Escragnolle Taunay. Porto Feliz, 27 dez. 1917. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu Paulista-USP. APMP/FMP – Série: correspondência.

SERVIÇO DE DOCUMENTAÇÃO HISTÓRICA E ICONOGRAFIA DO MUSEU PAULISTA-USP. Relatório de Atividades referente ao ano de 1924. São Paulo, 1924. APMP/FMP.

TAUNAY, Afonso d’Escragnolle Taunay. [Carta]. Destinatário: Eugênio Motta. São Paulo, 29 nov. 1923. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu Paulista-USP. APMP/ FMP – Série: correspondência.

TAUNAY, Afonso d’Escragnolle. [Carta]. Destinatário: Alarico Silveira, secretário do Interior. São Paulo, 8 jan. 1924. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu PaulistaUSP. APMP/FMP – Série: correspondência.

TAUNAY, Afonso d’Escragnolle Taunay. [Carta]. Destinatário: Calixto de Paula Souza, inspetor da Estrada de Ferro Sorocabana. São Paulo, 6 jan. 1924. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu Paulista-USP. APMP/FMP – Série: correspondência.

TAUNAY, Afonso d’Escragnolle. [Carta]. Destinatário: Cel. E. Johnston, superintendente da S. Paulo Railway Co. São Paulo, 19 jan. 1924. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu Paulista-USP. APMP/FMP – Série: correspondência

TAUNAY, Afonso d’Escragnolle. [Carta]. Destinatário: Eugênio Motta. São Paulo, 1937. Serviço de Documentação Histórica e Iconografia do Museu Paulista-USP. APMP/FMP – Série: correspondência.

FONTES IMPRESSAS

ARNOLD, Béat. Le monoxyle du Museu Republicano à Itu. Mensagem recebida por em 04 dez. 2016.

AUTOGRAPHO do Padre Anchieta. O Estado de S. Paulo, 28 de abril de 1926, p. 5.

MORAES, Julio. Laudo de estado de conservação para transporte. São Paulo, 2010. Serviço de Objetos do Museu Paulista-USP .

MUSEU PAULISTA. O Estado de S. Paulo, 28 de janeiro. 1924, p. 3.

MUSEU PAULISTA. Abertura de novas salas – Recinto consagrado às monções – Iconografia das cidades mais antigas, O Estado de S. Paulo, 24 de março de 1944, p. 6.

FONTES ICONOGRÁFICAS

TAUNAY, Aimé-Adrien. A partida da Expedição Langsdorff, no Rio Tietê, 1825. Rio de Janeiro. Acervo do Instituto Moreira Salles. Coleção Martha e Erico Stickel.

FONTES TRIDIMENSIONAIS

Serviço de Objetos do Museu Paulista-USP. Canoão (beque de proa), RG 1-18-02-000-03999-00-00.

LIVROS, ARTIGOS E TESES

ABREU, Regina. A fabricação do imortal: memória, história e estratégia de consagração no Brasil. Rio de Janeiro: Rocco, Lapa, 1996.

ALBERTI, Samuel. Objects and the Museum. Isis, v. 96, n. 4, 2005, p. 559-571.

ALVES, Francisco J. S. A tradição monóxila náutica em Portugal e no Brasil – achegas para um debate sobre problemáticas comuns. IX Jornadas de Arqueologia Ibero-Americana – I Jornada de Arqueologia Transatlântica, Lisboa, 2013.

BALLETTI, Caterine et al. 3D Recosntruction of Marble Shipwreck Cargoes Based on Underwater Multi-Image Photogrammetry. Università Iuav di Venezia e Università Ca’ Foscari, Venice, Italy, 2015.

BARBOSA, Antonio Carlos Franco et al. A new method to obtain good anatomical slides of heterogeneous plant parts. IAWA Journal, v. 31, p. 373-383, 2010.

BOGUS, Ricardo Nogueira. O projeto museográfico da exposição Cartografia de uma história – São Paulo colonial: mapas e relatos. Anais do Museu Paulista. História e Cultura Material, São Paulo, vol. 17, n. 1, p.17-33, jun. 2009.

BREFE, Ana Cláudia. Museu Paulista: Affonso de Taunay e a memória nacional 1917-1945. São Paulo: Unesp; Museu Paulista, 2005.

CARVALHO, Francismar Alex Lopes de. Viajantes, mareantes e fronteiriços: relações interculturais no movimento das monções – século VXIII. Dissertação (Mestrado) – UEM, Maringá, 2006.

DONALDSON, Lloyd; SINGH, Adya P. Ultrastructure of Terminalia Wood from an Ancient Polynesian Canoe. IAWA Journal, v. 11, n. 2, p. 195-202, 1998.

FRANÇOZO, Mariana. ‘Dressed like na Amazon’: The transatlantic trajectory of a red feather coat. In HILL, Kate (org.). Museum and biographies: stories, objects, identities. Newcastle: Boydell Press, 2012, p. 187-199.

GILMAN, Michell J. Lake phelps dugout log canoes: conservation, retreatment, and public display. 2015. Dissertação (Mestrado) – East Carolina University, Greenville, 2015.

GODOY, Silvana. Itu e Araritaguaba na rota das monções (1718-1838). 2002. Dissertação (Mestrado) – Unicamp, Campinas, 2002.

HAHN, Hans Peter; WEISS, Hadas (orgs). Mobility, meaning & transformations of things: shifting contexts of material culture through time and space. Oxford: Oxbooks, 2013

HE, Xue Ming et al. Reverse Engineering of Free-Form Surface Based on the Closed-Loop Theory. Wuxi, China: School of Mechanical Engineering, Jiangman University, 2014.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Caminhos e Fronteiras. 3ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Monções e Capítulos de Expansão Paulista; organização de Laura de Mello e André Sekkel Cerqueira. 4ª ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Monções. 3ª ed. São Paulo: Brasiliense, 2000 (1945).

INSIDEWOOD. 2004-onwards. Disponível em: <http://insidewood.lib.ncsu.edu/search>. Acesso em: 20 nov. 2018.

KOELMAN, Herbert J. Application of a Photogrammetry-Based System to Measure and Reengineer Ship Hulls and Ship Parts: An industrial Practices-Based Report. Computer-Aided Design, Netherlands, v. 42, p. 731-743, 2010. KOLYVAS Efthymios et al. Application of photogrammetry techniques for the visual assessment of vessels’ cargo hold. Glasgow: University Strathclyde, 2014

KOPYTOFF, Igor. A biografia cultural das coisas. In APPADURAI, Arjun (org). A vida social das coisas. Niterói: EdUFF, 2008.

KOUTSOUDIS, Anestis et al. Multi-image 3D reconstruction data evaluation. Journal of Cultural Heritage, v. 15, n. 1, p. 73-79, fev. 2014.

KRAUS, Karl. Photogrammetry. Fundamentals and Standard Processes. Bonn: Dümmlers Verlag, 1997, v. 11.

KRAUS, Jane Elizabeth; ARDUIN, M. Manual Básico de Métodos em Morfologia Vegetal. Seropédica: Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 1997.

LIMA, Solange; CARVALHO, Vânia. São Paulo Antigo, uma encomenda da modernidade: as fotografias de Militão nas pinturas do Museu Paulista. Anais do Museu Paulista. História e Cultura Material, São Paulo, v. 1, p. 147-178, 1993.

LIMA JUNIOR, Carlos Rogério. Um artista às margens do Ipiranga: Oscar Pereira da Silva, o Museu Paulista e a reelaboração do passado colonial. Dissertação (Mestrado) – IEB/USP, São Paulo, 2015.

LINS, Marcelo; RIOS, Carlos. Canoas monóxilas da Lagoa de Extremoz, RN, Brasil. Fumdhamentos, São Raimundo Nonato, v. XIII, p. 94-107, 2016.

LUHMANN, Thomas et al. Close Range Photogrammetry – Principles, techniques and applications. Dunbeath: Whittles Publishing, 2011.

MAINIERI, Calvino; CHIMELO João Peres. Fichas das características das principais madeiras brasileiras. 2. ed. São Paulo: Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), 1989.

MENESES, Ulpiano Toledo Bezerra de. Memória e cultura material: documentos pessoais no espaço público. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 21, n. 1, p. 89-103, 1998.

NÉMETH, Peter Santos. O feitio da canoa caiçara de um só tronco: A cultura imaterial de uma nação, em 25 linhas. Dossiê para instrução de processo de registro de bem cultural de natureza imaterial junto ao IPHAN. São Paulo: IPHAN, 2011.

NOVASKI, Olívio; SUGAI, Miguel. MTM como ferramenta para redução de custos – o taylorismo aplicado com sucesso nas empresas de hoje. Revista Produção Online, Universidade Federal de Santa Catarina, v. 2, n. 2, out. 2002.

OLIVEIRA, Maria Alice Ciocca de; GRANATO, Marcus. Adaptação do método prosopográfico para construção de trajetórias de coleções de objetos. In: ASENSIO, Mikel; ASENJO, Elena; CASTRO, Yone. (Orgs.). Series de Investigación Ibero-Americana en Museología. Madri: Universidad Autónoma de Madrid, 2012, v. 6, p. 85-94. PARDIM, Sonia Chamon. Imagens de um rio: um olhar sobre a iconografia do rio Tietê. Dissertação (Mestrado) – Unicamp, Campinas, 2005.

RAMBELLI, Gilson; TOMAZELLO, Mário; CAMARGO, Plínio Barbosa de. A embarcação monóxila indígena de Bragança Paulista: uma análise arqueológica interdisciplinar. Revista FESB, Bragança Paulista, v. 1, p. 30-44, 2000.

RAMOS, Francisco Régis Lopes. Objetos do Caldeirão: museu, memória e cultura material (1936-1997). Estudos Históricos, Rio de Janeiro, v. 24, n. 48, julho-dezembro de 2011.

RIOS, Carlos et al. A canoa monóxila pré-histórica da Lagoa de Extremoz, RN, Brasil. Clio Arqueológica, Recife, v. 30, n. 1, p. 78-91, 2015.

RUHL, Donna L.; PURDY, Barbara A. One Hundred-one Canoes on the Shore – 3–5,000 year old Canoes from Newnans Lake, Florida. Journal of Wetland Archaeology, v. 5, n. 1, p. 111- 127, 2005.

SKARLATOS, Dimitrios; KIPARISSI, Stavroula. Comparison of Laser Scanning, Photogrammetry and SFM-MVS Pipeline Applied in Structures and Artifical Surfaces. Melbourne: Dept of Civil Enginerring and Geomatrics, Cyprus University of Technology, 2012.

SOUZA, Carlos Celestino Rios e; LINS Júnior, Hamilton Marcelo Morais. A evolução da conoa monóxila em Pernambuco, Brasil (séculos XVI ao XX). Clio Arqueológica, Recife, v. 31, n. 2, p. 58-80, 2016.

TEODORO, Carla Regina de Oliveira et al. Aplicação de fotogrametria para o levantamento das características geométricas do casco de embarcações de planeio. In: XXIII Congreso Panamericano de Ingeniería Naval, Costa Afuera e Ingeniería Portuaria, 2013, Margarita. Libro de Ponencias y Conferencias del COPINAVAL, 2013, p. 1316-1353.

WERNECK, Gustavo. Canoa indígena construída em 1610 é encontrada em Minas Gerais. O Estado de Minas. Belo Horizonte, 6 mar. 2015. Disponível em: <https://bit.ly/2Po9h8a>. Acesso em: 20 nov. 2018. WHEELER, Elisabeth. InsideWood – a web resource for hardwood anatomy. IAWA Journal, v. 32 n. 2, 199-211, 2011.

WHEELER, Ryan J. et al. Archaic Period Canoes from Newnans Lake, Florida. American Antiquity, v. 68, n. 3, p. 533 551, 2003.

SOFTWARES

CLOUD COMPARE. Disponível em: <https://bit.ly/2L5I1qN>. Acesso em: 4 abr. 2017

GOM OPTICAL MEASURING TECHNIQUES. Application Example: 3D-Coordinate Measurement – Mobile 3D Coordinate Measurement for Shipbuilding. Alemanha, 2009.

GOM OPTICAL MEASURING TECHNIQUES. Application Example: Reverse Engineering – Model and Form Making: 3d Measurement of a GAJETA Using Tritop. Alemanha, 2008.

GOM PHOTOGRAMMETRY TRITOP 6.2 MANUAL BASIC. Alemanha, s/d.

Publicado

2019-12-03

Edição

Seção

Museus/Dossiê: Métodos interdisciplinares de análise em acervos museológicos

Dados de financiamento

Como Citar

BORREGO, Maria Aparecida de Menezes; ANDRADE, Bernardo Luís Rodrigues de; CECCANTINI, Gregório Cardoso Tápias; VEIGA, Milena de Godoy; ESTEVES, Fillipe Rocha; BULLA, Pedro Henrique; VALENTE, Gabriel Bustani. Trajetória e reconstituição digital de uma canoa do Museu Paulista – USP. Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 27, p. 1–41, 2019. DOI: 10.1590/1982-02672019v27e18d1. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/151954.. Acesso em: 21 jul. 2024.