José Custódio de Sá e Faria e o mapa de sua viagem ao Iguatemi

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/1982-02672020v28e31

Palavras-chave:

José Custódio de Sá e Faria, Caminhos de Itu, Mapas do século XVIII, Metodologia para a determinação de caminhos antigos

Resumo

O presente trabalho analisa o primeiro trecho do Diário de José Custódio de Sá e Faria, concretamente o caminho feito por terra, em quatro dias, entre São Paulo e Araritaguaba (Porto Feliz), que prosseguiria por rios até o Forte de Iguatemi. O foco são os cinco mapas que delineiam o trajeto percorrido nesses dias. O texto desse borrão, primeira versão feita durante a viagem, foi transcrito e comparado com outras versões do Diário e do mapa, em apêndice documental comentado. Uma análise das informações latentes permitiu determinar em detalhe esse antigo caminho que data de tempos imemoriais, provavelmente do século XVI. Desenvolveu-se uma metodologia de trabalho para essa determinação que pode ser aplicada em outros casos e torna-se particularmente interessante em um momento em que os órgãos responsáveis pelo patrimônio realizam tombamentos de caminhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jorge Pimentel Cintra, Universidade de São Paulo

Professor do Museu Paulista da Universidade de São Paulo (USP), atuando principalmente na Curadoria das Coleções Cartográficas. Doutor em Engenharia Civil e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP).

Rafael Henrique de Oliveira, Universidade de São Paulo

Graduado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Mestre em Engenharia
de Transportes (ênfase Informações Espaciais) e doutorando em Engenharia de Transportes – ênfase em Informações Espaciais – pela mesma instituição.

Referências

MAPAS E TEXTOS MANUSCRITOS

Arquivo Histórico Ultramarino

OLIVEIRA, Policarpo Joaquim de. Rio Tietê e seus afluentes. Arquivo Histórico Ultramarino, 1804 (c). AHU_ACL_CU_023-01,Cx.56Doc.4254(1). Disponível em: <https://bit.ly/2Cp5rWj.> Acesso em: out. 2019.

Arquivo Nacional

REIS, Manuel Martins do Couto. Derrota da viagem que fez ao Iguatemi por ordem real José Custódio de Sá e Faria, Brigadeiro dos Reais Exércitos, com exercício de engenheiro e geógrafo, no ano de 1775. Observada e depois acrescentada com várias anotações pelo Brigadeiro Manuel Martins do Couto Reis, voltando daquela Praça para a cidade de São Paulo. Arquivo Nacional, Rio de Janeiro. Disponível em: <https://bit.ly/306dZcR>. Acesso em: out. 2019.

Biblioteca Nacional

ALMEIDA, Francisco José de Lacerda e. Planta do Rio Tieté ou Anembý na Capitania de S. Paulo: desde a cidade do mesmo nome até á sua confluencia com o Rio Grande, ou Rio Paraná, 1788-90. Biblioteca Nacional, ARC.028,03,031 Cartografia. Disponível em: <https://bit.ly/2Of1fLp>. Acesso em: out. 2019.

FARIA, José Custódio de Sá (1775). Mapa Configuraçam dos rios Tietê, Paraná, Iguatemi. Mapas aquarelados, Biblioteca Nacional. Disponível em: <https://bit.ly/2WbDeJE>. Acesso em: out. 2019.

FARIA, José Custódio de Sá e. Diário da viagem que fez o brigadeiro José Custódio de Sá e Faria desde a cidade de São Paulo até a Praça de Nossa Senhora dos Prazeres do rio Iguatemi (1775a), Biblioteca Nacional. Disponível em: <https://bit.ly/306u1mM>. Acesso em: out. 2019.

Mapoteca do Itamaraty

FARIA, José Custódio de Sá. Diário e mapas das viagens de José Custódio de Sá e Faria, da Cidade de São Paulo até o Presídio de N ª S ª dos Prazeres, no rio Iguatemi, e da mesma Cidade de até a Vila de Paranaguá, nos anos de 1774 a 1776. Mapoteca do Itamaraty, Rio de Janeiro.

Museu Paulista

JUZARTE, Theotonio José. Diário da navegação do Rio Tietê, Rio Grande Paraná e Rio Igatemi, em que se dá relação de todas as coisas mais notáveis destes rios, seu curso, sua distância, e de todos os mais rios que se encontram, ilhas, perigos, e de tudo o acontecido, neste diário pelo tempo de dois anos e dois meses, que principia em 10 de março de 1769.

Caderneta disponível na Biblioteca do Museu Paulista, obras raras.

FONTES IMPRESSAS

DOCUMENTOS INTERESSANTES PARA A HISTÓRIA E COSTUMES DE SÃO PAULO, Volumes 5 a 10 (1894-1896). Dedicados ao Iguatemi. Disponível em: <https://bit.ly/2DtGdX6>. Acesso em: out. 2019.

FARIA, José Custódio de Sá e. Diário da viagem que fez o Brigadeiro José Custódio de Sá e Faria da Cidade de São Paulo à Praça de Nossa Senhora dos Prazeres do rio Iguatemi. 1774-1775. Revista trimestral do Instituto Histórico, Geográfico e Etnográfico do Brasil, tomo XXXIX,1876. Disponível em: <https://bit.ly/2OnY045>. Acesso em: out. 2019.

MAPAS IMPRESSOS

CGG. Mapeamento da Província de São Paulo na escala 1:100.000. Folha de São Itu. Acervo do Museu Paulista. São Paulo, 1901. Disponível em: <https://bit.ly/326qacd>. Acesso em: out. 2019.

IBGE. Mapeamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, na escala 1:50.000. folha SF-23-Y-C-II-4, Cabreúva. 1973. Disponível em: <https://bit.ly/329Q9iT>. Acesso em: out. 2019.

SARA. Societá Anônima de Rilevamenti Aerofotogrammetrici, escalas 1:1.000 e 1:5.000. Mapeamento da cidade, Portal Geosampa. São Paulo: Prefeitura de São Paulo, 1930. Disponível em: <https://bit.ly/3h3p9pF>. Acesso em: out. 2019.

LIVROS, ARTIGOS E TESES

ABREU, Capistrano de. Capítulos de História Colonial (1500-1800). 5ª ed. Rio de Janeiro: Sociedade Capistrano de Abreu-Livraria Briguet, 1969.

BUENO, Beatriz Piccolotto Siqueira. Do borrão às aguadas: os engenheiros militares e a representação da Capitania de São Paulo. An. Mus. Paul. [on-line]. v. 17, n. 2, p.111-153, 2009. Disponível em: <https://bit.ly/2Zm5g79>. Acesso em: out. 2019.

CHAVES, O. R. América Portuguesa: do tratado de Madri ao Tratado de Santo Ildefonso. Revista Territórios & Fronteiras. Cuiabá, v. 7, n. 2, p. 218-234, 2014.

CINTRA, J.P. Digital Cartography and Historical Maps: techniques, applications and peculiarities. RBC. Revista Brasileira de Cartografia [On-line], v. 64, p. 901-918, 2012.

CINTRA, J.P.; FURTADO, Júnia Ferreira. A Carte de l'Amérique Méridionale de Bourguignon D'Anville: eixo perspectivo de uma cartografia amazônica comparada. Revista Brasileira de História [On-line], v. 31, p. 273-316, 2011.

CINTRA, Jorge Pimentel. Edifícios públicos, mosteiros, fortes e calçadas no Brasil colonial. In: MORAES, J.C.T.B. (Org.). 500 anos de Engenharia no Brasil. São Paulo: Edusp; IOE, 2005, p. 27-42.

CINTRA, Jorge Pimentel. O mapa das cortes e as fronteiras do Brasil. Boletim de Ciências Geodésicas [On-line], v. 18, p. 421-445, 2012.

CINTRA, Jorge Pimentel. O Mapa das Cortes: perspectivas cartográficas. Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material. v. 17, p. 63-77, 2009.

CINTRA, Jorge Pimentel. Região amazônica: perspectivas de uma cartografia comparada. In: 1º Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Paraty, 2011. Anais... Belo Horizonte, Centro de Referência em Cartografia Histórica da UFMG, v. 1. p. 1-22, 2011.

CINTRA, Jorge Pimentel; OLIVEIRA, R.H.; ALMEIDA FILHO, F.G.V. A reforma cartográfica de Delisle e seu impacto na Cartografia da América do Sul e do Brasil. In: 3° Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Belo Horizonte, 2016. Anais... CRCH/UFMG. v. 1. p. 192-201, 2016.

CINTRA, Jorge Pimentel; RENGER, F. E.; SANTOS, M.M.D. As longitudes estão nos mapas: a precisão das longitudes nos mapas dos Padres Matemáticos. In: 2º Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Tiradentes, 2014. Anais..., Belo Horizonte, Centro de Referência em Cartografia Histórica da UFMG, v. 1. p. 291-306, 2014.

CINTRA, Jorge Pimentel. Informações Espaciais, Notas de aula. São Paulo: Escola Politécnica da USP, 2012.

CONPRESP (2018). Resolução 03/18, Processo: 2007-0.178.658-9, DPH, Diário Oficial da Cidade de São Paulo, v. 63, n. 35, p. 13, 24 fev. 2018. Disponível em: <https://bit.ly/3iYiNt4>. Acesso em: out. 2019.

CORTESÃO, J. História do Brasil nos velhos mapas. 2 vols. Rio de Janeiro: Instituto Rio Branco do Ministério das Relações Exteriores, 1965.

COSTA, G.G.; Cintra, Jorge Pimentel. Mappa geral do Bispado do Pará: um novo paradigma da cartografia amazônica. In: V Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica, Petrópolis, 2013. Anais... v. 1, p. 1-14, 2013.

COSTA, G.G.; CINTRA, Jorge Pimentel. Os engenheiros militares italianos na Amazônia do Século XVIII: Antônio Galluzzi e Domingos Sambucetti. In: 3° Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Belo Horizonte, 2016. Anais... CRCH/UFMG, v. 1. p. 136-146, 2016.

COSTA, M.F. Miguel Ciera: um demarcador de limites no interior sul-americano (1750-1760). Anais do Museu Paulista. São Paulo. N. Sér. v. 17, n. 2, p. 189-214. jul.- dez. 2009.

FERNANDES, E. G.; CINTRA, Jorge Pimentel; FARIA, M.D. Análise Cartográfica do Mapa mural de Miguel Antônio Ciera. In: 2º Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Tiradentes, 2014. Anais... Belo Horizonte, Centro de Referência em Cartografia Histórica da UFMG, v. 1. p. 360-373, 2014.

GOLIN, T. Cartografia da Guerra Guaranítica. In: 1º Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Paraty, 2011. Anais... Belo Horizonte, Centro de Referência em Cartografia Histórica da UFMG, v. 1. p. 1-22, 2011.

IPHAN. Lista dos bens tombados e processos em andamento, maio 2019. Disponível em: <https://bit.ly/2C39J5M>. Acesso em: out. 2019.

KUHN, Fábio; SILVA, Augusto da; COMISSOLI, Adriano. Trajetórias sociais e práticas políticas nas franjas do Império, História, histórias. Brasília, vol. 1, n. 1, p. 46-71, 2013.

LEME, Pedro Taque de Almeida Paes. Nobiliarquia Paulistana histórica e genealógica. 3ª ed. São Paulo: Comissão do IV Centenário da cidade de São Paulo, 1954.

REIS, Sara Regina Poyares dos; CASTIGLIONE, Francisco Javier. O Brigadeiro José Custódio de Sá e Faria: de Portugal à América Meridional: uma trajetória. Florianópolis: Officio, 2018, 430p.

RENGER, F.E.; SANTOS, M.M.D.; CINTRA, Jorge Pimentel. Onde estão as longitudes? Ensaio preliminar sobre as tabelas de coordenadas dos Padres matemáticos. In: 2º Simpósio Brasileiro de Cartografia Histórica, Tiradentes, 2014. Anais... Belo Horizonte, Centro de Referência em Cartografia Histórica da UFMG, v. 1. p. 266-290, 2014.

SOUZA, Jonas Soares de; MAKINO, Miyoko (orgs.) Diário de Navegação do Tietê, de Theotonio José Juzarte. São Paulo: Edusp: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2000.

TAUNAY, A. Na era das bandeiras. São Paulo: Melhoramentos, 1922. Disponível em: <https://bit.ly/2OjpxUE>. Acesso em: out. 2019.

TOLEDO, B.L. O Real Corpo de Engenheiros da Capitania de São Paulo. Tese (Doutorado) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, São Paulo, 1972.

CALCULADORA ELETRÔNICA

NOAA, 2020. National Oceanic and Atmospheric Administration. Calculadora da declinação. <https://www.ngdc.noaa.gov/geomag/calculators/magcalc.shtml?useFullSite=true>. Consultado em 24/08/2020

Downloads

Publicado

2020-09-29

Como Citar

Cintra, J. P., & Oliveira, R. H. de. (2020). José Custódio de Sá e Faria e o mapa de sua viagem ao Iguatemi. Anais Do Museu Paulista: História E Cultura Material, 28, 1-51. https://doi.org/10.1590/1982-02672020v28e31

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material