Inovações técnicas e atitudes intelectuaís na literatura açucareiro francesa e luso-brasileira da primeira metade do século XVIII

Autores

  • Rafael de Bivar Marquese USP; FFLCH

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47141997000100004

Palavras-chave:

História do açúcar, Antilhas, Brasil^i1^sséc.XV, Inovação técnica, Racionalidade econômica, Labat.Antonil

Resumo

O A. analisa duas diferentes atitudes mentais diante das técnicas de produção açucareira nas Antilhas e no Brasil, no começo do séc.XVIII, segundo o registro de dois relatos escritos em francês por Jean-Baptiste Labat (1722) e em português por André João Antonil (1711). Chama a atenção para o problema da racional idade econômica tal como entendida pelos proprietários escravistas do Novo Mundo na busca da inovação técnica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1997-01-01

Como Citar

Marquese, R. de B. (1997). Inovações técnicas e atitudes intelectuaís na literatura açucareiro francesa e luso-brasileira da primeira metade do século XVIII . Anais Do Museu Paulista: História E Cultura Material, 5(1), 131-161. https://doi.org/10.1590/S0101-47141997000100004

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material