Inovações técnicas e atitudes intelectuaís na literatura açucareiro francesa e luso-brasileira da primeira metade do século XVIII

Autores

  • Rafael de Bivar Marquese USP; FFLCH

DOI:

https://doi.org/10.1590/S0101-47141997000100004

Palavras-chave:

História do açúcar, Antilhas, Brasil^i1^sséc.XV, Inovação técnica, Racionalidade econômica, Labat.Antonil

Resumo

O A. analisa duas diferentes atitudes mentais diante das técnicas de produção açucareira nas Antilhas e no Brasil, no começo do séc.XVIII, segundo o registro de dois relatos escritos em francês por Jean-Baptiste Labat (1722) e em português por André João Antonil (1711). Chama a atenção para o problema da racional idade econômica tal como entendida pelos proprietários escravistas do Novo Mundo na busca da inovação técnica.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Downloads

Publicado

1997-01-01

Edição

Seção

Estudos de Cultura Material

Como Citar

MARQUESE, Rafael de Bivar. Inovações técnicas e atitudes intelectuaís na literatura açucareiro francesa e luso-brasileira da primeira metade do século XVIII . Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material, São Paulo, v. 5, n. 1, p. 131–161, 1997. DOI: 10.1590/S0101-47141997000100004. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5351.. Acesso em: 20 jun. 2024.