A mãe de um revolucionário, de Hebe de Bonafini

  • Maria Fernanda Garbero Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
  • Leticia Rebollo Couto Universidade Federal de Santa Catarina

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Fernanda Garbero, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Graduada em Letras- Português/Literaturas pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2002), mestra em Teoria Literária pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2005) e doutora em Literatura Comparada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com a tese Las Madres de Plaza de Mayo: à memória do sangue, o legado ao revés? (em preparação para publicação em livro). Tem grande parte de suas pesquisas centrada em produções escritas por mulheres, dedicando-se, sobretudo, à compreensão da formação de atores políticos que romperam com as expectativas da esfera privada (óikos) para, de perspectivas diversas, escandalizar a cena pública (pólis). Desde 2010, é professora Adjunta de Literatura na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e pesquisadora do Centro de Investigación Historia de Madres, em Buenos Aires. Seu projeto de pesquisa atual se intitula Do útero ao subsolo: maternidade e bastardia nas representações míticas e composições identitárias dos jogos de rasura, no qual propõe uma leitura das experiências de maternidade na literatura contemporânea, em diálogo com a tragédia grega

Leticia Rebollo Couto, Universidade Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina (1989), mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (1994) e doutorado em Sciences du langage – Université de Strasbourg II (1999). É professor adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Línguas Estrangeiras Modernas, atuando principalmente nos seguintes temas: português do Brasil, espanhollíngua estrangeira, pragmática, fonética experimental, prosódia, sociolinguística e dialetologia, e mais recentemente em estudos linguísticos da tradução no par português-espanhol. Bolsa para Hispanistas da Agencia Española de Cooperación Internacional (Pós-doutorado na Universidade de Alcalá, 2005), Bolsa para Jovens Professores e Pesquisadores da América Latina, Programa Europeu de bolsas Coimbra (Pós-doutorado na Université Catholique de Louvain, 2006) e Prêmio Programa Jovem Cientista do Nosso Estado 2008, FAPERJ em vigência no triênio 2009-2011, Prêmio Projeto Editoração 2009 FAPERJ, Estágio Sênior no Exterior em 2010, Simon Fraser University, Canadá, com Bolsa Capes. Atualmente realiza estágio Pós-Doutoral no Programa de Pós-graduação em Linguística da Universidade
Federal de Santa Catarina.

Publicado
2019-08-04
Como Citar
Garbero, M., & Couto, L. (2019). A mãe de um revolucionário, de Hebe de Bonafini. Cadernos De Literatura Em Tradução, (21), 72-76. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/clt/article/view/160691