Poemas de Zang Kejia e Ai Qing

  • Milena de Moura Barba Universidade de São Paulo

Resumo

A tradução de poesia chinesa para língua portuguesa ainda é escassa, some-se a isso o fato de que a maioria das obras encontradas dedicam-se à poesia clássica chinesa, envolvendo textos de cerca de X século a.C. até o século XVII. E a escolha dos poemas aqui apresentados se justifica por oferecer ao leitor uma pequena mostra da poesia chinesa do século XX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Milena de Moura Barba, Universidade de São Paulo

Brasileira, nasceu em São Paulo no ano de 1987. Cursou Letras, Português e Chinês, na Universidade de São Paulo e foi aluna intercambista da Universidade de Estudos Internacionais de Xi'an ao longo do ano de 2012. Contato: gargalharbarroco@gmail.com

Publicado
2015-04-24
Como Citar
Barba, M. (2015). Poemas de Zang Kejia e Ai Qing. Cadernos De Literatura Em Tradução, (14). Recuperado de https://www.revistas.usp.br/clt/article/view/97025