Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Revista Crioula?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

A Revista Crioula será composta das seguintes seções:

I-) Artigos e Ensaios:

a) Dossiê: Conjunto de textos que atendam ao perfil da revista e que contemplem o estudo comparativo. Caberá exclusivamente à editoria definir o tema de cada dossiê, bem como selecionar os respectivos artigos no conjunto de textos recebidos para este fim.

b) Outros textos: Artigos e ensaios que não tratam necessariamente do estudo comparativo, mas que desenvolvam temas correlatos de relevância aos estudos comparados. Caberá exclusivamente à editoria selecionar os respectivos artigos no conjunto de textos recebidos para este fim.

 

II-) Resenhas: As resenhas devem ser elaboradas exclusivamente por alunos de pós-graduação da ECLLP-DLCV-USP ou programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do Exterior e serão publicadas:

a) Conforme solicitação da Editoria, com indicação de títulos pertinentes ao público-leitor da revista;

b) Por indicação dos alunos, sugerindo os títulos, que serão analisados e aprovados pela Editoria.

Parágrafo Único. O processo de elaboração das resenhas será acompanhado pela respectiva Comissão Editorial (Comissão de Resenhas).

 

III-) Entrevistas: As entrevistas serão elaboradas exclusivamente por alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP). Os entrevistados serão escritores, professores e outras personalidades de relevância para o público-leitor da Revista Crioula:

a) Conforme solicitação da Editoria, com indicação dos entrevistados e entrevistadores;

b) Por indicação dos alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP), sugerindo possíveis entrevistados.

Parágrafo Único. O processo de organização, realização, transcrição e revisão das entrevistas é de responsabilidade dos integrantes da respectiva Comissão Editorial (Comissão de Entrevistas).

 

IV-) Criação: espaço para publicação de contos, crônicas e poesias de autoria de alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-USP) ou dos programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do Exterior;

 

V-) Perfil: Breve nota biográfica/bibliográfica apresentando uma ou mais personalidades (autores, críticos do campo de estudo de cada aluno e/ou relevantes para os Estudos Comparados como um todo; assinado pelo aluno proponente);

 

VI-) Diário acadêmico: Relatos que sirvam como troca de experiências acadêmicas como, por exemplo: intercâmbio com outras universidades, bolsa sanduíche, experiência de defesas de qualificação, dissertação e tese, e outros assuntos aprovados pela Editoria;

 

VII-) Divulgação de Eventos: A Revista Crioula divulgará, em espaço reservado e gratuitamente, os eventos pertinentes às áreas dos estudos literários e comparativos, tanto da ECLLP-DLCV-USP quanto de programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do Exterior. Caberá à Editoria determinar a divulgação do evento, após análise cabível.

 

VIII-) Defesas de teses e dissertações da Área: Serão divulgadas as defesas realizadas no período de vigência da edição, exclusivamente as relativas aos alunos de pós-graduação da Área (ECLLP-DLCV-FFLCH-USP). Todas as informações devem ser oriundas do calendário oficial do setor de pós-graduação da FFLCH-USP.

 

IX-) Artigo Mestre: da Área (ECLLP-DLCV-USP) ou dos programas de pós-graduação correlatos em outras universidades do Brasil e/ou do Exterior, preferencialmente o professor a ser entrevistado na mesma edição.

 

A Revista Crioula será divulgada on-line em endereço eletrônico próprio mantido pelo servidor da USP-FFLCH.

Parágrafo Único. A Revista Crioula terá todas as suas edições disponíveis exclusivamente em meio eletrônico e on-line.

 

Normas para publicação

A partir da quinta edição, a revista Crioula passou a utilizar as normas do novo acordo ortográfico.

Dicionários como o Aulete e o Priberam podem ajudar os autores e leitores

Todos os textos (resenhas, artigos, ensaios) seguem as mesmas configurações de “margens”, “fonte”, “laudas” e “citações”.

 

Margens:

Superior: 2 cm.

Inferior: 2 cm.

Esquerda: 3 cm.

Direita: 3 cm.

Fonte:

Texto principal: Times New Roman, corpo 12, espaço entre linhas: 1,5, com adentramento de parágrafo de 1,25 cm. Texto das notas: corpo 10, espaço simples, sem adentramento de parágrafo.

Laudas: Cada lauda contém 250 palavras.

(Como calcular as laudas: No Microsoft Word, abrir o texto e, no menu, clicar em “Ferramentas” e, depois, “Contar Palavras”: o número que aparecer em “Palavras” deve ser dividido por 250, o resultado é o tamanho do texto em laudas.)

Citações:

  1. As citações com menos de 3 linhas aparecem dentro do texto corrido, entre aspas. Todas as referências das citações ou menções a outros textos, (tanto nas incluídas no corpo do texto, como as que devem aparecer em destaque) deverão ser indicadas, após a citação, com as seguintes informações, entre parênteses: sobrenome do autor em caixa alta, vírgula, ano da publicação, abreviatura de página e o número desta.

Exemplo:

.... e projetam-se em travessias na qual homem e história, bem como poeta e História   condensam-se, já que “ o paradoxo  do Instante é o nunca ter principiado e não poder ter fim” (LOURENÇO, 1974, p. 39); diante de tal posicionamento....

Caso a citação do mesmo autor e obra se repita, omitir o ano de publicação.

  1. As citações de mais de 3 linhas vêm destacadas do texto, recolhidas à direita, com entrada duas vezes maior que a do parágrafo (portanto 4 cm). A citação deve ser alinhada na margem direita do texto principal, na mesma fonte, mas tamanho 11, espaço entre linhas simples. Também deverão ser indicadas após a citação as informações entre parênteses, conforme exemplo do subitem anterior.
  2. Evitar a utilização de idem ou ibidem e Cf. Utilizar as notas de rodapé explicativas apenas para o estritamente necessário. Quando for utilizado o apud, colocar as mesmas informações solicitadas anteriormente para o autor do texto de onde a citação foi retirada.

Exemplo: (SILVA, 2003, p. 1-10 apud SOUZA, 1998, p. 23).
Colocar somente as obras utilizadas nas Referências Bibliográficas.


Normas específicas para artigos e ensaios:

  1. Tamanho: Entre 6 a 15 laudas.
  2. Título e subtítulo: na primeira linha, centralizados, negrito, fonte Times New Roman, corpo 12, somente primeira letra em maiúscula em ambos.
  3. Título e subtítulo em inglês: na primeira linha, centralizados, negrito, fonte Times New Roman, corpo 12, somente primeira letra em maiúscula em ambos.
  4. Nome do autor: duas linhas abaixo do título, alinhado à direita, seguido de nota de rodapé, indicando se mestrando ou doutorando, título da pesquisa. Devem ser excluídos os nomes dos autores, substituindo com "Autor", conforme as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega.
  5. RESUMO / ABSTRACT (português e inglês): Dar espaço de três linhas abaixo do nome do autor. Colocar a palavra RESUMO em caixa alta, seguida de dois pontos. Redigir o texto (em português) em parágrafo único, espaço simples, justificado, de no máximo 5 linhas. Expressar na primeira frase o assunto tratado e utilizar uma linguagem imparcial e objetiva.  Fonte: Times New Roman, corpo 10, para todo o resumo. Inserir uma linha e fazer o ABSTRACT com as mesmas configurações.
  6. PALAVRAS-CHAVE / KEYWORDS (português e inglês): Dar espaço de duas linhas abaixo do ABSTRACT, de três a cinco palavras. Colocar o título "PALAVRAS-CHAVE" em caixa alta. Cada palavra-chave com primeira letra maiúscula e o restante em caixa baixa, separada das demais por ponto-e-vírgula. As palavras em inglês devem ser dispostas na linha imediatamente abaixo, antecedidas pelo título “KEYWORDS”.
  7. Referências bibliográficas: deverão aparecer completas no final do artigo em ordem alfabética de sobrenome do autor, atendendo-se aos padrões da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas/NRB-6023/02), cujos pontos básicos estão especificados a seguir:
  8. I.            Livros: autor(es), sobrenome em caixa alta (maiúscula); título (em Itálico); número da edição (a partir da segunda); local de publicação; editora; data.

Ex.: CANDIDO, Antonio. Vários escritos. 3.ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995.

  1. II.            Artigos citados de livros: Autor do artigo; título do artigo (em redondo, sem grifo); autor da Publicação, quando diferente do nome do autor do artigo, antecedido pela palavra "In". Na falta do autor deve constar o organizador ou coordenador da publicação seguido da abreviatura entre parênteses (org. ou orgs.; coord. ou coords.). Na falta de qualquer dos créditos anteriores, deve constar o nome do editor da publicação seguido da abreviatura ed. (ou eds.); número da edição (a partir da  segunda); local da publicação; editora; ano da publicação; página(s) com a abreviatura p., (nunca pp.).

Exemplos. (observe-se a pontuação e os grifos):

  1. CANDIDO, Antonio. O direito à literatura. In: Vários escritos. 3.ed. São Paulo: Duas Cidades, 1995, p. 235-263.
  2. CARVALHO, Ruy Duarte de. Tradições Orais, experiência poética e dados de existência. In: PADILHA, Laura (org.). Repensando a africanidade. Niterói: Imprensa Universitária da UFF, 1995, p. 69-76.
  3. BAKHTIN, Mikhail. Discourse in the novel. In HOLQUIST, Michael (ed.). The dialogic imagination: four essays by M. Bakhtin. Trad. Caryl Emerson e Michael Houquist. Sustin: University of Texas Press, 1991, p. 125-237.
  4. III.            Artigos de periódicos: Autor(es) do artigo; título do artigo; título do periódico, antecedido pela palavra "In"; local da publicação; editora; número do volume; número do fascículo entre parênteses; página(s); mês e ano da publicação — para o mês, quando houver indicação na referência, sempre abreviado (jan., fev., mar., abr., maio, jun., jul., ago., set., out., nov. ou dez.).

Exemplo:
COSTA, Fernando Marques. Sobre um possível Jaime Batalha Reis. In.: Revista    da    Biblioteca Nacional, Lisboa: 3 (1-2): 129-51, ago. 1983.

  1. IV.            Citação de documentos eletrônicos: favor consultar as formas de citação no site do Scielo: www.scielo.br, basta abrir um artigo e acessar o ícone “Como citar este artigo”. Ou vide a seguir:

Exemplo de citação para livro considerado em parte e divulgado em meio eletrônico:

ALVES,Castro. Navio Negreiro. [s.l.] Virtual Books, 2000. Disponível em:http//www.terra.com.br/vitualbooks/freebook/port.htm. Acesso em: 30 jun. 2009.

Exemplo de citação para artigo de revista divulgado em meio eletrônico:

SILVA, J.J. Literatura e cidade. Revista Crioula, São Paulo, nov. 2008. Seção Artigos & Ensaios. Disponível em: http//www.revistacrioula.usp.br/literaturaecidade.htm. Acesso em: 30 dez. 2008.

 

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  2. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
  4. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
  5. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.
 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.