ÁLVARO DE CAMPOS E A POÉTICA DA EXISTÊNCIA.

  • Franklin Leopoldo e Silva Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Poética, Existência, Sensação, metafísica

Resumo

Trata-se de apontar alguns aspectos que permitam uma leitura de Álvaro de Campos como representação poética da Existência. Tanto na temática quanto nas formas de expressão seria possível encontrar na poesia de Campos a tentativa de recusar a representação essencialista da realidade, aquela que pretende chegar ao núcleo essencial a partir do qual as coisas se explicitariam. Existir, para as coisas, é apresentar-se como sensível; existir, para o sujeito, é apreender-se como sensação.  Neste sentido, pensar conceitualmente é trair a sensação, a totalidade difusa e infundamentada do real. Assim também, as palavras seriam, sobretudo,  obstáculo e obscurecimento,  sendo preciso atravessá-las para recuperar o mutismo primordial do sensível “pré-reflexivo”,  tarefa que angustia e desorienta o poeta. A partir dos comentários teóricos de Pessoa acerca do “sensacionismo”, presente também em outros heterônimos, se procura compreender a situação poética de Álvaro de Campos, encontrando em sua poética uma recusa do dualismo metafísico que, entretanto, desembocaria numa metafísica do fracasso. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Franklin Leopoldo e Silva, Universidade de São Paulo
Professor Doutor - Universidade de São Paulo (USP)

Referências

PESSOA, F. Poesia Completa de Álvaro de Campos. Companhia das Letras, São Paulo, 2005.

PESSOA, F. Obra Poética. Nova Aguilar, Rio de Janeiro, 1986.

PESSOA, F. Obras em Prosa. Nova Aguilar, Rio de Janeiro, 1986.

MOISÉS, C.F. Engenheiro Naval, In _____Fernando Pessoa, Almoxarifado de Mitos, Ed. Escrituras, São Paulo, 2005.

SEGOLIN, F. Fernando Pessoa. Poesia, Transgressão, Utopia. EDUC, São Paulo, 1992.

CASAIS MONTEIRO, A. a Ideia de Modernidade. IN A Palavra Essencial, Companhia Editora nacional, São Paulo, 1989.

Publicado
2016-08-16
Como Citar
Leopoldo e Silva, F. (2016). ÁLVARO DE CAMPOS E A POÉTICA DA EXISTÊNCIA. Revista Desassossego, 8(15), 30-46. https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v8i15p30-46
Seção
Dossiê