DO NATURALISMO AO MODERNISMO: AS EXPERIÊNCIAS TEATRAIS DE SÁ-CARNEIRO E FERNANDO PESSOA E A TENTATIVA DE RENOVAÇÃO DO DRAMA PORTUGUÊS

Autores

  • Isabelle Regina de Amorim-Mesquita Doutoranda Estudos Literários Faculdade de Ciências e Letras, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v2i3p39-50

Palavras-chave:

Teatro, Fernando Pessoa, Sá-Carneiro

Resumo

Este artigo analisa o teatro português dos primeiros anos do século XX a partir de reflexões sobre peças de Sá-Carneiro e Fernando Pessoa. No Primeiro Modernismo, a forma dramática está em crise: de um lado, ela está ainda bastante vinculada aos moldes tradicionais do Naturalismo e, de outro, tenta renovar a sua estrutura com experiências dramáticas inovadoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-10

Como Citar

Amorim-Mesquita, I. R. de. (2010). DO NATURALISMO AO MODERNISMO: AS EXPERIÊNCIAS TEATRAIS DE SÁ-CARNEIRO E FERNANDO PESSOA E A TENTATIVA DE RENOVAÇÃO DO DRAMA PORTUGUÊS. Revista Desassossego, 2(3), 39-50. https://doi.org/10.11606/issn.2175-3180.v2i3p39-50