Isto não é uma obra: Arte e ditadura

Autores

  • Julia Buenaventura Valencia de Cayses Universidade de São Paulo; Faculdade de Arquitetura e Urbanismo

Resumo

O presente texto faz um percurso pela arte durante o período da ditadura militar no Brasil, analisando especificamente as propostas de obra como ação ou desmaterialização da obra de arte. Partindo da arte abstrata dos anos 1950 e 1960, da teoria do não objeto de Ferreira Gullar e das propostas do crítico Mário Pedrosa, o ensaio aborda obras de Willys de Castro, Ligya Clark, Artur Barrio, Cildo Meireles, Antônio Manuel e o grupo 3Nós3, assim como faz uma incursão pelo chamado boicote à Bienal de São Paulo de 1969.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-01-01

Como Citar

Cayses, J. B. V. de. (2014). Isto não é uma obra: Arte e ditadura . Estudos Avançados, 28(80), 115-128. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/eav/article/view/79687

Edição

Seção

50 Anos do Golpe de 64