Matrizes de contabilidade social e financeira: Brasil, 2005 a 2009

Autores

  • Erika Burkowski Universidade Federal Fluminense
  • Fernanda Finotti Cordeiro Perobelli Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Fernando Salgueiro Perobelli Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.1590/0101-4161464936eff

Palavras-chave:

Matrizes de Contabilidade Social e Financeira, Insumo-Produto, Análise Setorial, Fluxos Financeiros, Economia Brasileira

Resumo

Neste trabalho é proposta uma metodologia para elaboração de Matrizes de Contabilidade
Social e Financeira (MCSF) para a economia brasileira a partir da união do fluxo
de produção das Matrizes Insumo-Produto com fluxos de renda e fluxos financeiros das
Contas Econômicas Integradas. São apresentadas MCSF brasileiras elaboradas para os
anos de 2005 a 2009, com desagregação de 55 setores produtivos, 3 fatores, 4 agentes
institucionais e 7 instrumentos financeiros. Destacam-se os Setores de Comércio,
Administração Pública como importantes na produção e geração de valor agregado.
A indústria de Alimentos e Bebidas apresenta grande capacidade de dispersão de fundos
na economia e há forte dependência das transferências na distribuição da renda entre
os agentes econômicos domésticos. O excesso e o enxugamento da liquidez observados
no período são percebidos pela variação observada nos Numerários e Depósitos e na
variação nas aplicações financeiras e nas fontes de financiamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Erika Burkowski, Universidade Federal Fluminense

Doutora em Economia Aplicada pela UFJF, professora de Administração Financeira na UFF

Referências

AGÉNOR, P-R.; IZQUIERDO, A. e JENSEN, H.T. Adjustment Policies, Poverty and Unemployment:

The IMMPA Framework. Forthcoming, Blackwell Publishing, Oxford: 2005.

ASLAN, M. Turkish Financial Social Accounting Matrix. Social Science Journal of Anatolia University. 2005.

BURKOWSKI, E. Restrições de Oferta e Determinantes da Demanda por Financiamento no Brasil considerando Multiplicadores da Matriz de Contabilidade Social e Financeira. Tese (doutorado) - Universidade Federal de Juiz de Fora, Faculdade de Economia, Programa de Pós-Graduação em Economia Aplicada. Juiz de Fora, 2015.

CIVARDI, M.; PANSINI, R.V. e LENTI, R.T. Extensions to the Multiplier Decomposition Approach in a SAM Framework: An Application to Vietnam. Economic Systems Research, Vol. 22(2), June,

pp.111-128, Routledge, Taylor and Francis Group. 2010.

DAKILA, F.G.Jr.; BAYANGOS, V.B. e IGNACIO, L.L. Identifying Sectoral Vulnerabilities and Strengths for the Philippines: A Financial Social Accounting Matrix Approach. Bangko Sentral NG Pilipinas Working Paper Series, n. 2013-01. July, 2013.

DEP PAL, B.; POHIT, S. e ROY, J. Social Accounting Matrix for India. Economic Systems Research, Vol. 24(1), March, pp. 77-99, Routledge, Taylor and Francis Group. 2012

EMINI, C.A. e FOFACK, H. A Financial Social Accounting Matrix for the Integrated Macroeconomic Model for Poverty Analysis: Applicationto Camerron with a Fixed-Price Multiplier Analysis.

World Bank Policy Research Working Paper, n. 3219. February 2004.

FEIJÓ, C.A. Contabilidade Social. Rio de Janeiro, Editora: Campus, 2008.

GUILHOTO, J.J.M. e SESSO FILHO, U.A. Estimação da Matriz Insumo-Produto Utilizando Dados

Preliminares das Contas Nacionais: Aplicação e Análise de Indicadores Econômicos para o Brasil em 2005. Economia e Tecnologia. UFPR/TECPAR. Ano 6, Vol 23, Out., 2010.

GUILHOTO, J.J.M.; SESSO FILHO, U.A. Estimação da Matriz Insumo-Produto a Partir de Dados Preliminares das Contas Nacionais. Economia Aplicada. Vol. 9. N. 2. Pp. 277-299. Abril-Junho, 2005.

JELLEMA, T.; KEUNING, S; MCADAM, P e MINK, R. Developing a Euro Area Accounting Matrix:

Issues and Applications. ECB Working Paper Series, n. 356. May 2004.

JENSEN, H.T.; BAYAR, A. e HADDAD, E. Documentation of the Argentina 1997 Social Accounting

Matrix for the IMMPA Model Framework. The Inter-American Development Bank. October 2004.

JENSEN, H.T.; BAYAR, A. e HADDAD, E. Documentation of the Bolivia 2000 Social Accounting

Matrix for the IMMPA Model Framework. The Inter-American Development Bank. October 2004.

JENSEN, H.T.; BAYAR, A.; HADDAD, E. e KARL, C.R. Documentation of the Colombia 2000 Social

Accounting Matrix for the IMMPA Model Framework. The Inter-American Development Bank.

October 2004.

LEONTIEF, W. Quantitative Input-Output Relations in the Economic System of the United States, Review of Economics and Statistics, 18, 105–125, 1936.

LEUNG, D.; SECRIERU, O. Real-Financial Linkages in the Canadian Economy: an Input-Output Approach. Economic Systems Research, v. 24, n. 2, p. 195-223, 2012.

LI, J. The Financial Social Accounting Matrix for China, 2002, and Its Application to a Multiplier

Analysis. Munich Personal RePEc Archive, n. 8174, posted 9. Abril, 2008.

OGAWA, K., Sterken, E. and I. Tokutsu. Financial Distress and Industry Structure: An Interindustry Approach to the Lost Decade in Japan. Economic Systems Research, Vol. 24 (3), Sept., pp. 229-249, Routledge, Taylor and Francis Group. 2012.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Série de Relatórios Metodológicos.

Rio de Janeiro, 2008.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Conta Financeira e Conta de Patrimônio Financeiro, 2011

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Sistema de Contas Nacionais Brasil.

Rio de Janeiro, 2011.

PYATT, G e ROUND, J.I (eds). Social Accounting Matrices: A Basis for Planning. The World Bank.

Washington D.C., 1985.

PYATT, G. Some relationships between T-Accounts, Input-output tables and social accounting matrices. Economic Systems Research, Vol. 11. N. 4, 1999.

WAHEED, A. e MITSUO, E. A Financial Social Accounting Matrix for Pakistan. Discussion Paper, n.141, Graduate School of International Development, Nagoya University, Japan. 2006.

WONG, K.S.K; AZALI, M.; LEE, C Financial Social Accounting Matrix: Concepts, Constructions and Theoretical Framework. Munich Personal RePEc Archive, 2009.

Downloads

Publicado

2016-12-01

Edição

Seção

Artigo