Fatores influenciadores do desempenho acadêmico na graduação em administração pública

Palavras-chave: Desempenho acadêmico, Enade, Ensino superior, Administração pública

Resumo

A temática do desempenho acadêmico tem despertado interesse de pesquisadores, sobretudo no Brasil, onde as pesquisas são escassas acerca deste tema. De acordo com a literatura, múltiplos fatores podem estar relacionados ao desempenho e influenciá-lo, como por exemplo, os fatores socioeconômicos, de identificação, acadêmicos e ligados às IES e cursos no Brasil. Este trabalho tem como objetivo analisar os fatores que influenciam o desempenho acadêmico dos alunos dos cursos de graduação em administração pública no Brasil, conforme os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) realizado em 2015, ano em que os estudantes dos cursos de administração pública foram avaliados pela primeira vez. A pesquisa de abordagem quantitativa baseia-se no uso de técnicas estatísticas de correlação bivariada e análise univariada. Constatou-se que quanto maior a renda familiar e a escolaridade dos pais melhor foi o desempenho dos estudantes dos cursos de administração pública no Enade. Outros fatores correlacionados positivamente foram: gênero masculino, etnia branca, idade abaixo da média de 32 anos e existência de financiamento (bolsa de estudos). Notou-se ainda que estudar semanalmente mais que três horas e trabalhar vinte ou mais horas semanais contribuiu para um bom desempenho. Os cursos de administração pública estarem localizados na região Sudeste e pertencerem às instituições de ensino superior privadas influenciaram positivamente no desempenho do Enade.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-01-29
Como Citar
Brandt, J., Tejedo-Romero, F., & Araujo, J. (2020). Fatores influenciadores do desempenho acadêmico na graduação em administração pública. Educação E Pesquisa, 46, e202500. https://doi.org/10.1590/s1678-4634202046202500
Seção
Artigos