ADOLESCÊNCIA, VIOLÊNCIA E OBJETOS CULTURAIS: UMA INTERVENÇÃO ENTRE O EDUCATIVO E O TERAPÊUTICO NO ESPAÇO ESCOLAR

Autores

  • Katia Cristina Tarouquella Rodrigues Brasil
  • Sandra Francesca Conte de Almeida
  • Deise Matos do Amparo
  • Adriana Matos Rodrigues Pereira

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i2p205-225

Palavras-chave:

Adolescentes, violência, cultura, pesquisa-intervenção, psicanálise.

Resumo

Este artigo apresenta uma análise da experiência de produção em grupo no ambiente escolar de um curta-metragem que pretendeu oferecer dispositivos de apoio narcísico e de expressão para os adolescentes. Trata-se de uma pesquisa-intervenção que utilizou o diário de campo para registro de oito oficinas de audiovisual com quinze adolescentes do ensino médio de escola pública situada em região de vulnerabilidade social e de violência. Concluiu-se que os objetos da cultura transformaram-se em recurso para simbolizar a violência e a angústia. Tais objetos possuem uma função educativa e terapêutica na medida em que são destinados à constituição psíquica do sujeito e seus impasses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-08-30

Como Citar

Tarouquella Rodrigues Brasil, K. C., Conte de Almeida, S. F., Matos do Amparo, D., & Pereira, A. M. R. (2015). ADOLESCÊNCIA, VIOLÊNCIA E OBJETOS CULTURAIS: UMA INTERVENÇÃO ENTRE O EDUCATIVO E O TERAPÊUTICO NO ESPAÇO ESCOLAR. Estilos Da Clinica, 20(2), 205-225. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i2p205-225