CONTRIBUIÇÕES DE JEAN OURY PARA VERIFICAR UMA POSSÍVEL EMERGÊNCIA DO SUJEITO NA ESCOLA

Autores

  • Renata Mendes Guimarães Geoffroy
  • Sonia Alberti

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i2p246-264

Palavras-chave:

Instituição educacional, Coletivo, psicanálise, clínica psicanalítica.

Resumo

Discutimos a inserção da psicanálise em instituições educacionais em articulação com o conceito de Coletivo de Jean Oury como operador da distinguibilidade necessária para a garantia do singular. Levantamos a hipótese de que a subversão assim promovida abre um novo modo de fazer clínica e dá possibilidade à emergência do sujeito, mesmo em instituições de sistema de corte fechado, situação de tantas escolas. Associamo-lo com o efeito que pode ter o mais-um quando funciona num cartel, operando do lugar daquele que pode provocar uma elaboração sem deixar de ser também sujeito no contexto, como é o analista na instituição educacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-08-30

Como Citar

Geoffroy, R. M. G., & Alberti, S. (2015). CONTRIBUIÇÕES DE JEAN OURY PARA VERIFICAR UMA POSSÍVEL EMERGÊNCIA DO SUJEITO NA ESCOLA. Estilos Da Clinica, 20(2), 246-264. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i2p246-264