A SOBERANIA DA CLÍNICA: ALÉM DO DIAGNÓSTICO EM PSIQUIATRIA E PSICANÁLISE

Autores

  • Natália Raquel Pereira Loures
  • Paula Brant Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i2p279-295

Palavras-chave:

Psiquiatria, psicanálise, diagnóstico, direção do tratamento.

Resumo

Neste artigo, procuraremos apontar as diferenças entre o diagnóstico psiquiátrico de corrente biológica e o diagnóstico psicanalítico. Para isso, serão apresentados alguns aspectos da psiquiatria clássica e a psiquiatria biológica, ponderando a influência da psicopatologia na definição dos manuais diagnósticos e, consequentemente, nos diagnósticos utilizados atualmente na clínica psiquiátrica. Discutiremos a finalidade do diagnóstico estrutural sob transferência para traçar a direção do tratamento em psicanálise e pontuaremos as possibilidades de aproximação entre os diagnósticos, considerando o fenômeno e a estrutura. Por fim, utilizaremos o estudo de um caso clínico com nomeações diagnósticas de ambas as vertentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-08-30

Como Citar

Pereira Loures, N. R., & Fernandes, P. B. (2015). A SOBERANIA DA CLÍNICA: ALÉM DO DIAGNÓSTICO EM PSIQUIATRIA E PSICANÁLISE. Estilos Da Clinica, 20(2), 279-295. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v20i2p279-295