Considerações psicanalíticas sobre o delírio de influência

Autores

  • Patrick Magalhães Monteiro de Almeida Université de Paris VIII; Département de Psychanalyse

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v16i1p116-131

Palavras-chave:

Victor Tausk, S. Freud, J. Lacan, esquizofrenia, teoria analítica

Resumo

O artigo busca desenvolver reflexões sobre a questão do delírio de influência na esquizofrenia a partir de casos clássicos da história da psicanálise - apresentados sobretudo por Victor Tausk, assim como por S. Freud e Margaret Mahler - colocando em evidência a relação da máquina ao corpo do psicótico, tentando assim tecer considerações a partir da teoria lacaniana para realizar uma leitura atualizada destes casos: uma vez que a compensação imaginária não opera mais para esses sujeitos, tem-se então psicóticos sobre influência, seja por máquinas, seja por um semelhante - consequência direta sobre o corpo e seus orgãos da foraclusão da significação fálica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-06-01

Como Citar

Almeida, P. M. M. de. (2011). Considerações psicanalíticas sobre o delírio de influência. Estilos Da Clinica, 16(1), 116-131. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v16i1p116-131

Edição

Seção

Dossiê: Psicoses e Autismo