Voltar a pensar a educação

Autores

  • Alicia Marta Dellepiane Centro de Assistência

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v7i13p100-107

Palavras-chave:

Educação, cultura, psicanálise

Resumo

Como pensar a educação no começo deste século? Se analisarmos a crise cultural provocada pela implementação das políticas neoliberais na Argentina, observaremos que os educadores se vêem diante de duas opções: continuar engajados no projeto normalizador da geração de 80 - tanto da normalização socialista ou educação popular como da católica em suas diversas vertentes - ou cair na falta de identidade, portanto, de sentido para sua prática. Com este trabalho pretendemos estabelecer os diversos discursos que a educação recebeu em diferentes períodos históricos - tanto na Argentina como na América Latina e na Europa - com o objetivo de apresentar um estado atual da questão e, deste modo, possibilitar a formulação de novos discursos que possam adaptar-se ao corte epistemológico do fim do século, não só no calendário, mas também nos atuais e nos possíveis desafios que representam os novos tempos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2002-12-01

Como Citar

Dellepiane, A. M. (2002). Voltar a pensar a educação. Estilos Da Clinica, 7(13), 100-107. https://doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v7i13p100-107

Edição

Seção

Artigos