Indicadores de saúde de cidades inteligentes como aliados no enfrentamento da COVID-19: uma análise de Passo Fundo/RS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/gtp.v16i4.176339

Palavras-chave:

Cidades inteligentes, COVID-19, Indicadores urbanos, Indicadores de saúde

Resumo

Progressivamente as cidades têm surgido como protagonistas, figurando no centro de grandes acontecimentos contemporâneos. A crise gerada pela expansão do COVID-19 tem reafirmado essa premissa e ressaltado a importância do meio urbano, desafiando os gestores públicos no gerenciamento das cidades. Nesse contexto, o conceito de Cidades Inteligentes busca auxiliar no planejamento e gestão urbana, utilizando as Tecnologias da Informação e Comunicação como ferramentas de transformação da dinâmica urbana e mensurando os indicadores urbanos para um melhor monitoramento dos dados das cidades. Neste sentido, o objetivo deste artigo é analisar os indicadores urbanos de Saúde de Passo Fundo/RS, buscando compreender a inter-relação desses índices com os dados epidemiológicos da COVID-19. Na metodologia, foram utilizados como parâmetro os indicadores do Ranking Connected Smart Cities (RCSC, 2020), e realizado um recorte regional, abrangendo as cidades de porte médio do Sul do país melhor classificadas no Ranking. Como resultados foi possível perceber que a maioria dos índices de Saúde de Passo Fundo foram inferiores àqueles das cidades comparadas. Além disso, em relação aos dados epidemiológicos da COVID-19, Passo Fundo apresentou a maior taxa de letalidade entre as cidades analisadas. Dessa forma, verificou-se que as cidades que possuem um acompanhamento adequado dos indicadores urbanos de saúde e buscam desenvolver estratégias de Cidades Inteligentes, têm apresentado melhores resultados no combate à pandemia

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Letícia Müller, Faculdade Meridional. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo

    Mestranda do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Arquitetura e Urbanismo (PPGARQ) – Faculdade Meridional – IMED

  • Thaísa Leal da Silva, Faculdade Meridional. Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo

    Doutora em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela Universidade de Coimbra - Portugal (2015), Mestre em Microeletrônica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (2009), e Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pelotas - UFPel (2006). Atualmente é Docente no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Arquitetura e Urbanismo (PPGARQ-IMED) e nos cursos de Graduação em Arquitetura e Urbanismo, e Ciência da Computação da Faculdade Meridional – IMED em Passo Fundo/RS, Brasil; É Pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade e Inovação (GPS) da UFRGS, do Núcleo de Inovação e Tecnologia Assistiva em Arquitetura e Urbanismo (NITA-AU), do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Mobilidade Urbana (NEPMOUR). Sua pesquisa está focada na área de Sustentabilidade, com ênfase em Cidades Inteligentes, Eficiência Energética, Mobilidade Urbana e Arquitetura Inclusiva.

Referências

BATTY, Michael; AXHAUSEN, Kay W.; GIANNOTTI, Fosca. Smart cities of the future. The European Physical Journal. Berlim, p. 481-518. dez. 2012.

BRANDÃO NETO, José de Souza. O papel do desenho urbano no planejamento estratégico: a nova postura do arquiteto no plano urbano contemporâneo. 2002. Disponível em: https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/03.025/773. Acesso em: 27 jun. 2020.

CARAGLIU, Andrea; DEL BO, Chiara; NUKAMP, Peter. Smart cities in Europe. In:3 rd Central European Conference in Regional Science - CERS, 2009, p. 45-59. DOI: https://doi.org/10.1080/10630732.2011.601117. Disponível em: <https://intaaivn.org/images/cc/Urbanism/background%20documents/01_03_Nijkamp.pdf >. Acesso em: 20 set. 2020.

CASTELLS, Manuel. A questão urbana. 4ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2009.

CASTRO L. G., DOS REIS, D. S., & FILHO, R. D. O. Estrutura urbana e mobilidade populacional: implicações para o distanciamento social e disseminação da Covid-19. Revista Brasileira De Estudos De População, 37, 1-22, 2020. DOI: https://doi.org/10.20947/S0102-3098a011. Disponível em: < https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-30982020000100157&script=sci_arttext&tlng=pt > . Acesso em: 20 set. 2020.

DATASUS - Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde. Disponível em: https://opendatasus.saude.gov.br/dataset/painel-da-covid-19. Acesso em: 20 jun. 2020

DE PAOLI, Diná. O valor do desenho urbano na construção de bairros habitacionais e comunidades. Campinas, 2013. 279 f. [Tese] Linha de Pesquisa – Metodologia e Teoria do Projeto e da Cidade, Doutorado em Arquitetura, Tecnologia e Cidade - Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Universidade Estadual de Campinas, 2013.

ESF – Estratégia da Saúde da Família. Disponível em: https://aps.saude.gov.br/ape/esf/ .Acesso em: 28 jun.2020.

FACCHINA, Marcelo. Governar as cidades em tempos de crise: O papel dos dados para a resiliência dos governos subnacionais. 2020, Caracas:CAF. Disponível em: http://scioteca.caf.com/handle/123456789/1579. Acesso em: 20 jun. 2020.

FREITAS, Robson Almeida Borges de; MELO, Humbérila da Costa e Silva; AZEVEDO, Margarete Almeida Freitas de; OLIVEIRA JÚNIOR, Antonio Martins de; SÁ, José Luiz Silva. Prospecção Científica sobre Epidemiologia e Prevenção da Covid-19 Aliada à Inteligência Artificial. Cadernos de Prospecção, Salvador, v. 13, n. 2, p. 543-558, abr. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.9771/cp.v13i2%20COVID-19.36190. Disponível em: < https://portalseer.ufba.br/index.php/nit/article/view/36190 > . Acesso em: 20 set. 2020.

FRIEDE, Reis. Uma reflexão sobre as medidas iniciais adotadas no combate à COVID -19 no Brasil.. Revista Augustus, Rio de Janeiro, v. 25, n. 51, p. 15-30, 2020.

GIFFINGER, Rudolf; FERTNER, Christian; KRAMAR, Hans; PICHLER-MILANOVIC, Nick; MEIJERS, Eduard. Smart Cities: Ranking of European Medium-Sized Cities. Vienna , Austria: Centre of Regional Science(SRF), Vienna University of Tecnology. 2007.

GOLDEN, Sherita Hill. Coronavirus in African Americans and Other People of Color. 2020. Johns Hopkins Medicine. Disponível em: https://www.hopkinsmedicine.org/health/conditions-and-diseases/coronavirus/covid19-racial-disparities. Acesso em: 20 jun. 2020.

HAESBAERT, Rogério. Da desterritorialização à multiterritorialidade. Anais do X Encontro de geógrafos da América Latina, USP, São Paulo, 2005.

HARARI, Yuval Noah. O mundo depois do coronavírus. Financial Times . Disponível em: <https://www.ft.com/content/19d90308-6858-11ea-a3c9-1fe6fedcca75>. Acesso em: 21 jun. 2020.

IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Indicadores de Desenvolvimento Sustentável- Brasil, 2012. Disponível em:< https://sidra.ibge.gov.br/pesquisa/ids/tabelas > Acesso em: 21 jun. 2020.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Classificação e caracterização dos espaços rurais e urbanos do Brasil: uma primeira aproximação. IBGE, Coordenação de Geografia. – Rio de Janeiro: IBGE, 2017.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Panorama Nacional. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/panorama. Acesso em: 27 jun. 2020.

KOMNINOS, Nico. Intelligent Cities: Innovation, Knowledge Systems and Digital Spaces. 1 ed. London: Routledge, 2002, 320p.

LAUGHLAND, Oliver; ZANOLLI, Lauren. Why is coronavirus taking such a deadly toll on black Americans? Longstanding health and socio-economic disparities have made minorities more vulnerable to Covid-19. 2020. The Guardian. Disponível em: https://www.theguardian.com/world/2020/apr/25/coronavirus-racial-disparities-african-americans. Acesso em: 20 jun. 2020.

LEITE, Carlos; AWAD, Juliana Cesare Marques. Cidades Sustentáveis, Cidades Inteligentes: Desenvolvimento sustentável num planeta urbano. Porto Alegre: Bookman, 2012, 264 p.

NAM, T; PARDO, T. A. Conceptualizing Smart City with Dimensions of Technology, People, and Institutions. In: Proceedings of the 12th Annual International Digital Govermnent Research Conference: Digital Govemment Innovation in Challenging Times. ACM, pp. 282-291. 2011.

PORTAL COVID-19. Ministério da Saúde, Brasil. Disponível em: <https://susanalitico.saude.gov.br/extensions/covid-19_html/covid-19_html.html> . Acesso em: 20 set. 2020.

RCSC – RANKING CONNECTED SMART CITIES. Construção de Cidades mais Inteligentes, Humanas e Sustentáveis. 2020 Disponível em: https://www.connectedsmartcities.com.br/. Acesso em: 10 jun. 2020.

PALETTA, Francisco Carlos; VASCONCELOS, Paula Oliveira; GONÇALVES, Ygor Soares. A biblioteca no contexto das Cidades Inteligentes. PBCIB: Pesquisa Brasileira em Ciência da Informação e Biblioteconomia, João Pessoa, v. 10, n. 2, p. 1-18, 2015.

TARIN, Denise. O Desastre provocado pela COVID-19: A crise na Gestão Pública e o papel da Defesa Civil na prevenção e resposta. In: COVID-19: Crises entremeadas no contexto de pandemia. São Carlos: UFSCar, 2020. p. 57-71.

USTUGOVA, Svetlana; PARYGIN, Danila; SADONIKOVA, Natalia; YADAV, Vibhash; PRIKHODKOVA, Inna. Geonalytical System for Suppirt of Urban Processes Management Tasks. In: KRAVETS, Alla;

SHCHERBAKOV, Maxim; KULTSOVA, Marina; GROUMPOS, Peter (ed.). Creativity in Intelligent Technologies and Data Science. 2. ed. Volgograd: Cit&ds, 2017. p. 432-463.

WALDMAN, Eliseu Alves; SATO, Ana Paula Sayuri. Trajetória das doenças infecciosas no Brasil nos últimos 50 anos: um contínuo desafio. Revista de Saúde Pública, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rsp/v50/pt_0034-8910-rsp-S1518-87872016050000232.pdf.Acesso em: 20 jun. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s1518-8787.2016050000232. Disponível em: < https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S00349102016000100137&script=sci_abstract&tlng=pt >. Acesso em: 20 set. 2020.

WEISS, Marcos Cesar. Os desafios à gestão das Cidades: Uma chamada para ação em tempos de emergência das Cidades Inteligentes no Brasil. Revista Direito da Cidade, v. 9, p. 788-824, 2017. DOI: 10.12957/rdc.2017.27493. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/rdc/article/view/27493 . Acesso em: 20 set. 2020.

Downloads

Publicado

2021-10-22

Dados de financiamento

Como Citar

MÜLLER, Letícia; SILVA, Thaísa Leal da. Indicadores de saúde de cidades inteligentes como aliados no enfrentamento da COVID-19: uma análise de Passo Fundo/RS. Gestão & Tecnologia de Projetos, São Carlos, v. 16, n. 4, p. 173–186, 2021. DOI: 10.11606/gtp.v16i4.176339. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/176339.. Acesso em: 20 abr. 2024.