Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • Os artigos devem ser inéditos e tratar de temas das áreas definidas pelo escopo editorial da revista e não podem estar sendo submetidos a qualquer outro tipo de publicação quando de sua submissão.
  • O arquivo da submissão deve estar em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências devem ser informadas quando possível.
  • O texto deverá seguir os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores.
  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções estarão disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares à cega
  • Os autores estão cientes de que, caso o seu trabalho seja aprovado para publicação, é de responsabilidade dos autores providenciar a tradução do texto completo para Inglês ou Português, a depender do idioma original. (Essa regra não se aplica a traduções).

Diretrizes para Autores

Diretrizes para a padronização dos artigos enviados à GIS – Gesto, Imagem e Som – Revista de Antropologia. Atente-se, também, para as especificidades de cada seção. Autoras e autores devem se atentar às Diretrizes Éticas da GIS, as quais estão disponíveis na página Sobre a Revista.

Os textos devem ser escritos em Times New Roman, tamanho 12, espaçamento 1,5 e devem possuir resumo contendo entre 100 e 150 palavras e cinco palavras-chave. As notas devem estar formatadas em Times New Roman, tamanho 11, espaçamento simples. Todas as páginas devem conter a numeração no canto inferior direito.

A revista segue o padrão “The Chicago Manual of Style” (http://www.chicagomanualofstyle.org/home.html) com algumas modificações.

Com vistas a criar um espaço de interlocução internacional dos materiais e reflexões, para os artigos submetidos em português e espanhol, é obrigatória a entrega de uma versão em inglês, o que deverá ser feito após sua aprovação para publicação. A elaboração e revisão desta versão é de inteira responsabilidade dx autorx do texto original submetido. Para os artigos submetidos em inglês, italiano e francês, é de inteira responsabilidade dos autores providenciarem a tradução do texto completo para português, o que deverá ser feito após sua aprovação para publicação. A GIS oferece revisão de textos em português.

Caso haja sugestões de diagramação do conteúdo (áudio)visual em relação ao texto, estas deverão ser enviadas à Comissão Editorial juntamente com o trabalho submetido. Inserir o material como 'arquivo suplementar'.

NORMAS

  • Os títulos de seção devem ser alinhados à esquerda, sem recuo e em negrito;
  • Apresentações de autores no texto – exemplos>:
    • Segundo Grunvald (2015),....
    • Conforme o livro de Caiuby Novaes, Barbosa, Cunha e Hikiji (2009),....
    • Único autor: (MacDougall 1998)
    • Autor e data: (MacDougall 1998, 68)
    • Duas obras de mesmo autor: (MacDougall 1998; 2006)
    • Obras de mesmo autor com mesma data: (Turner 1998a) e (Turner 1998b)
    • Autores diferentes no memo parêntese: (MacDougall 1998, Turner 1998a)
    • Obras de dois autores: (Butler e Athanasiou 2013)
    • Mais de quatro autores: (Caiuby Novaes et al 2004)
    • Para obras sem data: (Smith n.d.)
    • Obras clássicas reimpressas incluir data da publicação original: (Darwin 1859/1975)
  • Citações ipsis litteris devem estar entre aspas com referência entre parênteses
  • Citações ipsis litteris maiores que 4 linhas: nãocolocar entre aspas; separar a citação do corpo do texto com uma linha superior e uma linha inferior; iniciar o texto a 4cm da margem esquerda.
  • Uso de siglas: na primeira menção, deve-se apresentar a nomenclatura por extenso seguida da sigla entre parênteses. Nas menções posteriores, deve-se apresentar apenas a sigla.
    • Exemplo: Na Universidade de São Paulo (USP), o Departamento de Antropologia está localizado na Cidade Universitária, no Butantã. A USP possui unidades em diversas cidades de São Paulo.
  • Referências bibliográficas:
    • Obras sem autor começar pelo título
    • Exemplos:
    • Berger, John. 1987. Modos de ver. Lisboa: Edições 70.
    • Banks, Marcus e Howard Morphy (ed.). 1997. Rethinking visual anthropology. New Haven, London: Yale University Press.
    • Caiuby Novaes, Sylvia. 2009. Imagem e ciências sociais: trajetória de uma relação difícil. In Imagem-conhecimento: Antropologia, cinema e outros diálogos, ed. Andrea Barbosa Cunha, Edgar Teodoro da Cunha e Rose Satiko Gitirana Hikiji, 35-59. Campinas: Papirus.
    • Marcus, George. 1991. Identidades passadas, presentes e emergentes: requisitos para etnografias sobre a modernidade, no final do século XX a nível mundial. Revista de Antropologia, vol. 34: 197-221.
    • Grunvald, Vitor. 2015. Existências, insistências e travessias: sobre algumas políticas e poéticas de travestimento. Tese de doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • No caso de material audiovisual, colocar tantas informações quanto possível seguindo o seguinte padrão:
    • Ferraz, Ana Lúcia, Edgar Teodoro da Cunha, Paula Morgado e Renato Sztutman. 2000. Jean Rouch: subvertendo fronteiras. São Paulo, Brasil, NTSC, cor, 41’, DVD.
    • No caso de páginas da web, colocar tantas informações quanto possível seguindo o seguinte padrão:
      • Andersen, Kurt. 2011. The Protestor. Time Magazine, 14/12/11.  http://content.time.com/time/specials/packages/article/0,28804,2101745_2102132,00.html (acessado em 22/10/15).
    • Todos os autores devem preencher no sistema, suas instituições por extenso, ORCID e Resumo da biografia (ler abaixo).
    • Todos os textos devem incluir minibiografia dx(s) autorx(s) com até 100 palavras. Sugere-se apresentar a formação do mais alto título para o menor, incluir a atuação profissional atual e áreas de interesse. É obrigatório inserir o e-mail ao final da minibiografia.
      • No caso dos artigos, a minibiografia deve constar apenas nos metadados da submissão (no sistema) a fim de garantir a revisão duplo-cega.
      • Trabalhos submetidos a outras seções devem apresentar minibiografia no final do documento (abaixo das referências) e nos metadados do sistema;
      • No caso de Traduções, deve-se inserir a mini biografia dx autorx do original.
      • No caso de Entrevistas, deve-se inserir a minibiografia dx entrevistadorx;
      • No caso de Resenhas, deve-se inserir a minibiografia dx resenhista.

MODELOS DE CABEÇALHOS PARA ELABORAÇÃO DOS MATERIAIS (para submissão):

  • Artigos e ensaios para a seção GIS

ARTIGOS ou GIS [inserir nome da seção]

 TÍTULO DO ARTIGO: SUBTÍTULO DO ARTIGO
[Alinhado à direita, em caixa alta, negrito e sem itálico]
[No caso de ARTIGOS, Autor do artigo, Instituição, ORCID, e-mail e Resumo da biografia devem ser inseridos como metadados apenas no sistema a fim de garantir a revisão duplo-cega]
[Caso o trabalho seja enviado a um dossiê, inserir nome do dossiê abaixo do título do trabalho]


RESUMO [no caso de ensaios da seção GIS, resumo e abstract devem ser inseridos no final do texto]
Texto do resumo [justificado]
PALAVRAS-CHAVE: Palavra-chave1; Palavra-chave2; Palavra-chave3; Palavra-chave4; Palavra-chave5.


ABSTRACT
Texto do abstract [justificado]
KEYWORDS: Keyword1; Keyword2; Keyword3; Keyword4; Keyword5.

  • Traduções

TER [inserir nome da seção]
TRADUÇÃO [inserir tipo de trabalho: tradução, entrevista ou resenha]

SOBRENOME, NOME
[Nome do autor original alinhado à esquerda, em caixa alta]
TÍTULO
[Título da obra (traduzido) alinhado à esquerda, em caixa alta, em negrito]
[Caso o trabalho seja enviado a um dossiê, inserir nome do dossiê abaixo do título do trabalho]

Referência da obra original.

TRADUÇÃO: NOME DO(A) TRADUTOR(A)
Universidade, Cidade, UF, País, CEP – e-mail do departamento ou PPG
ORCID do(a) tradutor(a)

  • Entrevistas

TER [inserir nome da seção]
ENTREVISTA [inserir tipo de trabalho: tradução, entrevista ou resenha]

TÍTULO
[Título da entrevista alinhado à esquerda, em caixa alta, em negrito]
[Caso o trabalho seja enviado a um dossiê, inserir nome do dossiê abaixo do título do trabalho]

NOME DO(A) ENTREVISTADOR(A)
Universidade, Cidade, UF, País, CEP – e-mail do departamento ou PPG
ORCID do(a) entrevistador(a)

RESUMO
Texto do resumo [justificado]
PALAVRAS-CHAVE: Palavra-chave1; Palavra-chave2; Palavra-chave3; Palavra-chave4; Palavra-chave5.

ABSTRACT
Texto do abstract [justificado]
KEYWORDS: Keyword1; Keyword2; Keyword3; Keyword4; Keyword5.

  • Resenhas

TER [inserir nome da seção]
RESENHA [inserir tipo de trabalho: tradução, entrevista ou resenha]

TÍTULO
[Título da resenha alinhado à esquerda, em caixa alta, em negrito]
[Caso o trabalho seja enviado a um dossiê, inserir nome do dossiê abaixo do título do trabalho]

Referência da obra original.
NOME DO RESENHISTA
Universidade, Cidade, UF, País, CEP – e-mail do departamento ou PPG
ORCID do(a) resenhista(a)

Link para a imagem de capa da obra resenhada (se houver).

RESUMO
Texto do resumo [justificado]
PALAVRAS-CHAVE: Palavra-chave1; Palavra-chave2; Palavra-chave3; Palavra-chave4; Palavra-chave5.

ABSTRACT
Texto do abstract [justificado]
KEYWORDS: Keyword1; Keyword2; Keyword3; Keyword4; Keyword5.

Caso tenha alguma dúvida, escreva para revistagis@usp.br.

Dossiê Religiões (Artigos)

RELIGIÕES: SUAS IMAGENS, PERFORMANCES E RITUAIS

Chamada de trabalhos para dossiê

Instigados pelos saberes religiosos inteligíveis e sensíveis das religiões tradicionais e das diversas formas de pertencimento espiritual que escapam à estrutura formal religiosa, mas conectam o ser humano com aquilo que ele chama de sagrado, buscamos neste dossiê construir um mapa das representações que perpassam suas imagens, suas performances que evidenciam rituais e pertencimentos sagrados. As formas expressivas ganham nuances diferenciadas em espaços religiosos, tendo em vista determinadas restrições, o que faz com que o pesquisador tenha que lançar mão de estratégias estéticas e de pesquisa diferenciadas para compor seu universo imagético e performático. O universo simbólico dos rituais religiosos, as digressões entre religião e política, as expressões de decolonialidade, o corpo entregue à devoção e outras análises que envolvam discussões sobre expressões sensíveis por meio de imagens, performances, poesias etc., serão bem vindas.    

Organizadores: Francirosy Campos Barbosa (USP), Pedro Simonard (UNIT), Rubens Alves da Silva (UFMG)

Prazo para submissões: 30/04/2020

Submissões e diretrizes para autores: Deve-se seguir as orientações válidas para cada uma das seções (Artigos, GIS e TER). Na seção 'Dossiê Religiões' do sistema, deve-se submeter ARTIGOS. Traduções, entrevistas e resenhas, mesmo que sejam propostas ao Dossiê Religiões, devem ser inseridas na seção TER. Ensaios fotográficos, fílmicos, literários e outros devem ser inseridos na seção GIS. Encontre as diretrizes para autores em Submissões. A equipe editorial está disponível para dúvidas pelo e-mail revistagis@usp.br.

Artigos

Escopo: A seção de artigos científicos inéditos versa sobre temas das áreas de interesse da revista: Antropologia visual, da música e do som, da performance, do teatro e da arte.

Avaliação: Todo artigo será, inicialmente, enviado a dois pareceristas e o resultado dos pareceres poderá ser: “Deferido”, “Deferido com modificações simples”, “Deferido com modificações substantivas” e “Indeferido”. Caso existam pareceres conflitantes, a Comissão enviará o trabalho para um terceiro parecerista. Os pareceristas não terão acesso à autoria dos textos examinados.

Normas para submissão:

  • Os artigos devem ser inéditos e tratar de temas das áreas definidas pelo escopo editorial da revista e não podem estar sendo submetidos a qualquer outro tipo de publicação quando de sua submissão.
  • No caso de o artigo ser enviado para um dossiê, o nome do dossiê também deve vir indicado no subtítulo do trabalho ou nos comentários para os editores.
  • Limite máximo para todas as informações textuais é de 10.000 palavras.
  • Caso possuam fotografias, estas devem ser incorporadas no arquivo Word e ter resolução de 300 dpi em formato JPEG.
  • Se o artigo submetido for selecionado para publicação, o autor deverá enviar as imagens ou materiais multimídia separadamente, em JPEG, TIFF, ou PNG format, em 800x600 px ou o tamanho máximo de 1MB, com as respectivas legendas. Vídeos deverão estar em formato H264/MPEG4.
  • Se o artigo submetido for selecionado para publicação, deve ser enviada para o e-mail da revista uma declaração, assinada e escaneada, contendo a autorização dx(s) autorx(s) para publicação do artigo, bem como dos materiais fotográficos, sonoros e audiovisuais contidos nos mesmos.
  • Caso possuam materiais multimídia (vídeos, sons, aplicações flash, etc), estes devem estar online – preferencialmente em sites como Youtube, Vimeo ou outro – e somente o hiperlink para a visualização do vídeo deve ser colocado no corpo do texto. Caso o vídeo esteja protegido por senha, esta deverá ser oferecida no momento da submissão.
  • Como a GIS é uma publicação online, os textos admitem a inserção de hiperlinks para sites externos. Lembramos, entretanto, que não podemos garantir que os links externos continuarão ativos e, portanto, não nos responsabilizamos por este conteúdo.
  • No caso de aceitação para publicação, o autor terá um mês para providenciar a tradução para Inglês ou Português.
  • Caso haja sugestões de diagramação do conteúdo (áudio)visual em relação ao texto, estas deverão ser enviadas à Comissão Editorial juntamente com o artigo submetido.
  • Os artigos devem seguir todas as diretrizes gerais da revista, válidas para todas as seções.

G.I.S - Gestos, Imagens e Sons

Escopo: Esta seção é um espaço de experimentação com diversas linguagens que pode trazer conteúdos ligados às áreas descritas no foco e escopo da Revista: antropologia visual, da música e do som, da performance, do teatro e da arte. Incentivamos formas não-convencionais de explorar a imaginação etnográfica. Podem integrar esta seção produções inéditas que englobem ensaios e produções literárias (contos, poemas, textos performáticos), bem como toda e qualquer produção que conjugue escrita textual e conteúdos fotográficos, sonoros e/ou audiovisuais. 

Avaliação: A seção GIS é fruto de um processo curatorial coordenado pelo editor-responsável do Volume, que poderá, também, selecionar curadorxs externxs. A avaliação considerará sua pertinência e relevância para as áreas da revista. A editora responsável pelo v. 6 (2021) é Francirosy Campos Barbosa.

REGRAS PARA A SUBMISSÃO DE MATERIAIS

Caso haja sugestões de diagramação do conteúdo (áudio)visual submetido, estas deverão ser enviadas à Comissão Editorial juntamente com o matrial submetido.

 Fotografias

  • Máximo de 15 fotografias.
  • As imagens submetidas devem estar online em um site de hospedagem e compartilhamento de fotografias como Picasa, Flickr, etc. Somente o link para sua visualização será enviado no momento da submissão.
  • Anexado ao trabalho, deve haver um arquivo do Microsoft Word (em português e inglês) que contenha título do foto-ensaio, nome dx(s) autorx(s), minibiografia com até 100 palavras, filiação institucional (quando pertinente), cinco palavras-chaves, link para acessar as fotografias online e texto de, no máximo, 3.000 palavras, em português e inglês, que contextualize o trabalho fotográfico e ofereça ao leitor mais informações quanto ao campo etnográfico, a poética e a metodologia utilizadas pelo pesquisador/fotógrafo na composição do ensaio.
  • PARA PUBLICAÇÃO, caso selecionado, as fotografias deverão ser enviadas em alta resolução (300 dpi) e nomeadas seguindo a ordem de sua aparição no ensaio fotográfico (por exemplo, “foto01”, “foto02”, “foto03”, etc). Deve ser enviado também um arquivo separado do Word, contendo todas as informações listadas no item anterior mais uma lista com as legendas de todas as fotos, caso existentes.
  • Solicitamos, no momento da submissão, o envio para o email da revista (revistagis@usp.br) uma declaração, assinada e escaneada, contendo a autorização dx(s) autorx(s) para publicação das fotografias e se responsabilizando pelos direitos de uso das imagens.

Vídeos

  • O vídeo deve ter no máximo 30 minutos. No caso de trabalhos audiovisuais que possuam, em sua composição, mais de um vídeo, a soma da minutagem de todos os vídeos não deverá exceder o limite de 30 minutos.
  • Os vídeos devem estar online em um site de hospedagem de vídeos, como Youtube ou Vimeo, e somente o link deverá ser enviado no momento da submissão. Caso o vídeo esteja protegido por senha, esta deverá ser oferecida no momento da submissão.
  • Anexado ao trabalho, deve haver um arquivo do Microsoft Word (em português e inglês) que contenha título do vídeo, nome dx(s) realizadorx(s), filiação institucional (quando pertinente), cinco palavras-chaves, link para acessar os vídeos online e texto de, no máximo, 3.000 palavras que contextualize o vídeo e ofereça ao leitor mais informações quanto ao campo etnográfico, a poética e a metodologia utilizadas pelo pesquisador/realizador na produção do vídeo.
  • PARA PUBLICAÇÃO, caso selecionado, os vídeos devem ser enviados em H264/mpeg4. Deve ser enviado também um arquivo separado do Word, contendo todas as informações listadas no item anterior.
  • Solicitamos, no momento da submissão, o envio para o email da revista (revistagis@usp.br) de um documento, assinado e escaneado, contendo a autorização dx(s) autorx(s) para publicação dos vídeos e se responsabilizando pelos direitos de uso dos mesmos.

Sons

  • O(s) trabalhos(s) sonoro(s) deve(m) ter, no máximo, 30 minutos. No caso de trabalhos que possuam, em sua composição, mais de um arquivo de áudio, a soma da minutagem de todos os arquivos não deverá exceder o limite de 30 minutos.
  • Os trabalho(s) sonoro(s) deve(m) estar online – preferencialmente em algum site de hospedagem e compartilhamento de áudio e/ou vídeo como Soundcloud, Youtube, Vimeo ou outros do gênero – e somente o link será enviado no momento da submissão. Caso o trabalho sonoro esteja protegido por senha, esta deverá ser oferecida no momento da submissão.
  • Anexado ao trabalho deve haver um arquivo do Microsoft Word, em português e inglês, que contenha título do trabalho sonoro, nome dx(s) realizadorx(s), filiação institucional (quando pertinente), cinco palavras-chaves, link para acessar o trabalho sonoro online e texto de, no máximo, 3.000 palavras que contextualize o(s) trabalho(s) sonoro(s) e ofereça ao leitor mais informações quanto ao campo etnográfico, a poética e a metodologia utilizadas pelo pesquisador/realizador na sua produção/captação.
  • PARA PUBLICAÇÃO, caso selecionado(s), o(s) trabalho(s) sonoro(s) deve(m) ser enviado(s) em formato WAV, AIFF ou MP3. Deve ser enviado também um arquivo separado do Word, contendo todas as informações listadas no item anterior.
  • Solicitamos, no momento da submissão, o envio para o email da revista (revistagis@usp.br) de um documento, assinado e escaneado, contendo a autorização dx(s) realizadorx(s) para publicação do áudio e se responsabilizando legalmente por quaisquer problemas advindos dos direitos autorais referentes ao uso e publicação do mesmo.

Produção literária (contos, poemas e textos performáticos)

  • O trabalho deve incluir título, nome dx(s) autorx(s), filiação institucional (quando pertinente) e cinco palavras-chaves, em português e inglês.
  • Limite máximo de 10.000 palavras, incluídas todas as informações descritas no item anterior mais referências bibliográficas e notas, quando existentes, seguindo as Diretrizes para Autores.

T.E.R - Traduções, Entrevistas e Resenhas

Escopo: Esta é uma seção na qual podem ser submetidas traduções, entrevistas e resenhas.

Avaliação: A avaliação da pertinência e relevância das traduções, resenhas e entrevistas e a decisão final sobre suas publicações são de responsabilidade da Comissão Editorial.

Traduções

  • São aceitas traduções de artigos e obras relevantes para as áreas definidas pelo escopo editorial da revista e que estejam indisponíveis em língua portuguesa. Em casos excepcionais, aceitamos textos já traduzidos e publicados, desde que a nova tradução seja considerada justificada e pertinente.
  • Limite máximo de 10.000 palavras, incluídas todas as informações descritas no item anterior mais referências bibliográficas, seguindo as Diretrizes para Autores da revista. Casos excepcionais de traduções que extrapolem estes limites serão avaliados individualmente pela Comissão Editorial.
  • Deve ser submetida junto com a tradução uma cópia do texto publicado originalmente.
  • Caso aceita, a tradução deve ser reenviada à Revista após revisão técnica por especialista na área do artigo em questão. Os dados do revisor devem ser incluídos no texto.
  • Solicitamos também o envio para o email da revista (revistagis@usp.br) da autorização dx(s) detentor(x)s dos direitos autorais (editora e/ou revista e/ou autor), permitindo a publicação da tradução submetida à GIS. Somente serão avaliadas e publicadas na GIS traduções cujo tradutor(a) tenha autorização para publicação. Adicionalmente, deve ser enviada uma declaração, assinada e escaneada, contendo a autorização dx(s) tradutorx(s) para publicação da tradução.

Resenhas

  • São aceitas resenhas de livros, filmes, ensaios fotográficos, exposições e performances produzidos nos últimos três anos de publicação e que possuam relevância para as áreas definidas pelo escopo editorial da revista.
  • Devem incluir título, nome dx(s) autorx(s) da resenha, filiação institucional (quando pertinente) e cinco palavras-chaves (em português e inglês).
  • Devem indicar as referências completas das obras resenhadas.
  • Limite máximo de 3.000 palavras, incluídas todas as informações descritas nos itens anteriores mais referências bibliográficas e notas, seguindo as Diretrizes para Autores da revista.

Entrevistas

  • As entrevistas devem ser inéditas e com autores, realizadores e artistas que sejam relevantes para o debate sobre as áreas de interesse da revista.
  • Devem incluir título, nome dx(s) entrevistadx(s) e dx(s) entrevistadorx(s), filiação institucional (quando pertinente), cinco palavras-chaves e uma apresentação de, no máximo, 400 palavras (em português e inglês).
  • Limite máximo de 10.000 palavras, incluídas todas as informações descritas no item anterior mais referências bibliográficas e notas, seguindo as Instruções para padronização de textos da revista.
  • Solicitamos também para o envio do email da revista (revistagis@usp.br) o envio da autorização dx(s) entrevistad(x)s, permitindo a publicação da entrevista submetida à revista. Adicionalmente, deve ser enviada uma declaração, assinada e escaneada, contendo a autorização dx(s) entrevistadorx(s) para publicação da entrevista.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.