Experimentação em quadrinhos contemporâneos: a proposta híbrida de Pedro Franz

Autores

  • André Luiz Ferreira Oliveira Universidade Estadual de Montes Claros - Minas Gerais (Unimontes)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2018.137831

Palavras-chave:

literatura e artes visuais, quadrinhos contemporâneos, experimentação, território, Pedro Franz,

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apresentar a história em quadrinhos Promessas de amor a desconhecidos enquanto espero o fim do mundo de Pedro Franz, dividida em três volumes e publicada entre 2010 e 2012, demonstrando sua relação híbrida com os quadrinhos, as artes visuais e a literatura pensando no modo como a obra passa por um processo de desterritorialização e se mescla a elementos de diferentes linguagens artísticas para criar sua singularidade, seu próprio território em constante tensão.

Biografia do Autor

  • André Luiz Ferreira Oliveira, Universidade Estadual de Montes Claros - Minas Gerais (Unimontes)

    Mestrando em Estudos Literários pela Universidade Estadual de Montes Claros.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Tradução de Vinícius Nicastro Honesko. Chapecó: Argos, 2009.

BROERING, Pedro Franz. Incidente em Tunguska. Florianópolis. 2015. Dissertação (Mestrado em Artes Visuais) - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Florianópolis, Santa Catarina, 2015.

BROERING, Pedro Franz. Promessas de amor a desconhecidos enquanto espero fim do mundo, 2010-2012. Disponível em: <https://sobreofim.wordpress.com/>. Acesso em: 8 ago. 2017.

BROERING, Pedro Franz. Os Minotauros, de Pedro Franz, maio de 2014. Disponível em: <http://www.acalopsia.com/os-minotauros-de-pedro-franz/>. Acesso em: 8 ago. 2017.

CADÔR, Amir Brito. O livro de artista e a enciclopédia visual. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2016.

CARRIÓN, Ulises. A Nova Arte de Fazer Livros. Tradução de Amir Brito Cadôr. Belo Horizonte: C/Arte, 2011.

CESAR, Ana Cristina. Poética / Ana Cristina Cesar. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

DELEUZE, Gilles. Crítica e Clínica. Trad. de Peter Pál Pelbart. São Paulo: Ed. 34, 1997.

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. Kafka: Por uma literatura menor. Trad. Cíntia Vieira da Silva. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2015.

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. O que é filosofia? São Paulo: Ed.34, 1996.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro, 2015.

GROENSTEEN, Thierry. O sistema dos quadrinhos. Trad. Érico de Assis. Nova Iguaçu, RJ: Marsupial Editora, 2015.

MAZUR, Dan, DANNER, Alexander. Quadrinhos: história moderna de uma arte global. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

SILVEIRA, Paulo. A página violada: Da ternura à injúria na construção do Livro de Artista. Porto Alegre: Editora UFRGS, 2001.

SALVATTI, Fábio. O prank como opção performativa para a rede de ativismo político contemporâneo. Tese (Doutorado em Artes Cênicas) - Universidade de São Paulo - USP, São Paulo - SP, 2010.

XAVIER, Valêncio. O mez da grippe e outros livros. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

XAVIER, Valêncio. Remembranças da menina de rua morta e nua. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

ZIMBRES, Fábio e MECHANICS. Música para Antropomorfos. Goiânia: Livros Voodoo, 2006.

Downloads

Publicado

2018-10-31

Como Citar

OLIVEIRA, André Luiz Ferreira. Experimentação em quadrinhos contemporâneos: a proposta híbrida de Pedro Franz. Literartes, São Paulo, Brasil, v. 1, n. 8, 2018. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2018.137831. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/137831.. Acesso em: 13 abr. 2024.