Cirandinhas nº 9 de Heitor Villa-Lobos

Uma proposta pedagógica para a formação musical

  • Marta Macedo Brietzke Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Heitor Villa-Lobos, Cirandinhas nº 9, Orquestra formativa de violoncelos, estado de infância

Resumo

 

 Este trabalho descreve uma experiência pedagógica/musical realizada em Porto Alegre/RS (Brasil), no ano de 2016, que consistiu na adaptação das Cirandinhas nº 9 de Heitor Villa-Lobos, original para piano, para orquestra formativa de violoncelos. Estruturou-se tendo como base as considerações de Quinteiro (2002), Shimabuco (2012), Pilger (2013) e Machado (2015). Levou em consideração elementos idiomáticos do violoncelo, abordagens relativas às texturas musicais utilizadas pelo compositor, tecendo uma relação com a arte e com o “estado de infância”.

Referências

BASTILDE, Roger. Prefácio. In: FERNANDES, Florestan. Folclore e mudança social na cidade
de São Paulo. Petrópolis, Vozes, 1979, p. 153-155.
BRIETZKE, Marta; VILLENA, Marcelo. Integração de conhecimentos de professor de violoncelo
e compositor para a elaboração de repertórios didáticos. In: IV Mostra de Violoncelos de Natal,
Natal, Anais…, 2014.
CARRASQUEIRA, Toninho. Divertimentos-Descobertas: estudos criativos para o desenvolvimento
musical – sopros e cordas friccionadas. São Paulo: EDUSP, 2017
CARVALHO, Maria Salete de. Iniciação ao violoncelo: Análise de três métodos e proposta de sua
suplementação com repertório do folclore brasileiro. 2010. 131 f. Dissertação (Mestrado em Música)
- Centro de Letras e Artes- Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro, Rio de
Janeiro, 2010.
EMMERSON, Simon. The language of eletrocaustic music. London: The Macmillan Press, 1986.
FRAGA, Eduardo Fraga. O idiomatismo nas composições para percussão de Luiz D’Anunciação,
Ney Rosauro e Fernando Iazzetta: análise, edição e performance de obras selecionadas. In: XV
Congresso da ANPPOM, Rio de Janeiro. Anais...2005.
FONTERRADA, Marisa Trench de Oliveira. De tramas e fios: um ensaio sobre música e educação.
São Paulo: UNESP; Rio de Janeiro: Funarte, 2008.
HYER, Brian. Tonality. In: GROVE Music Online. Oxford: Oxford University Press, 2019. Disponível
em: https://doi.org/10.1093/gmo/9781561592630.article.28102. Acesso em: 18 de
julho de 2019.
LAGO, Manoel Corrêa; BARBOZA, Sérgio; BARBOSA, Maria Clara. Heitor Villa-Lobos: Guia
Prático para a educação artística e musical. Rio de Janeiro: ABM: Funarte, 2009.
MACHADO, Regina. A arte de palavra e da escuta. São Paulo: Editora Reviravolta, 2015.
MARTINS, José de Souza. O massacre dos inocentes: a criança sem infância no Brasil, 2 ed. São
Paulo, Hucitec, 1993.
OSTINATO. In: GROVE Music Online. Oxford: Oxford University Press, 2019. Disponível em:
https://doi.org/10.1093/gmo/9781561592630.article.20547. Acesso em: 18 de julho de 2019.
PADOVANI, José; FERRAZ, Silvio. Proto-história, evolução e situação atual das técnicas estendidas
na criação musical e na performance. Música Hodie, Belo Horizonte, v. 11, n. 2, p. 11-35, 2011.
PEREIRA, F. V. As práticas de reelaboração musical. Tese de Doutorado, Universidade de São
Paulo, São Paulo, Brasil. 2011.
PILGER, Hugo. Heitor Villa-Lobos: o violoncelo e seu idiomatismo. Curitiba: CRV, 2013
QUINTEIRO, Jucirema. Infância e educação no Brasil: um campo de estudos em construção. In:
FARIA, Ana Lúcia; DEMARTINI; Zeila, PRADO, Patrícia (orgs). Por uma cultura da infância:
metodologias de pesquisa com crianças. Campinas: Autores Associados, 2002.
REGO, Eusiel; GLOEDEN, Edelton. Os movimentos sucessivos em oitavas em Haydn e Mozart.
In: DAPesquisa. V. 5, n. 7, 2010, pp. 259-280)
SALLES, Paulo de Tarso. Villa-Lobos: processos composicionais. Campinas: Editora da Unicamp,
2009.
SHIMABUCO, Luciane. Cirandinhas de Heitor Villa-Lobos: inventividade textural em restrições
impostas por propósitos didáticos. In: II Simpósio Villa-Lobos Anais..., São Paulo, SP, Brasil.2012.
SILVA, Teresa Cristina Rodrigues; AQUINO, Felipe Avellar de; PRESGRAVE, Fabio Soren.
Violoncelo XXI: estudos para aprender a tocar e apreciar a linguagem da música contemporânea. São
Paulo: Editora urbana, 2012.
SOUZA, Sanny. A educação musical através do violoncelo. 1998. 37 f. Monografia (Licenciatura
em Música) - Centro de Letras e Artes, Universidade do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1998.
SUETHOLZ, Robert John. A pedagogia do violoncelo e aspectos de técnicas de reeducação corporal.
2011.141f. Tese (Doutorado). Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo,
São Paulo, 2011.
TEXTURA. In: GROVE Music Online. Oxford: Oxford University Press, 2019 disponível em:
https://doi.org/10.1093/gmo/9781561592630.article.2775. Acesso em: 18 de julho de 2019.
VILLA-LOBOS, H. Cirandinhas: coleção de 12 peças fáceis sobre temas de rodas infantis para piano.
Rio de Janeiro: Arthur Napoleão. (s.d.).
VILLA-LOBOS, H. Cirandinha nº 9: Carneirinho, Carneirão. [S. l.: s. n.], 2016. 1 vídeo (3:21
min). Disponível em: https://youtu.be/oYhmDvMyvJU. Acesso em: 18 de julho de 2019.
Publicado
2019-06-12
Como Citar
BRIETZKE, M. Cirandinhas nº 9 de Heitor Villa-Lobos. Literartes, v. 1, n. 10, p. 139-156, 12 jun. 2019.