Brincando de música dentro e fora da sala de aula

O potencial pedagógico das cantigas, jogos e brincadeiras musicais

  • Tiane Tessaroto Universidade Federal de São Carlos
  • Rodrigo Cantos Savelli Gomes Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: brinquedo musical, cultura da infância, jogos de mãos, processos pedagógicos musicais

Resumo

O presente artigo trata do universo infantil no âmbito das brincadeiras musicais praticadas pelas crianças em momentos de livre interação, de modo a investigar como se dá a relação delas com esses brinquedos e consequentemente com a música. A ideia nasceu da observação de um grupo de crianças com idade entre 6 e 10 anos, que nos intervalos das aulas brincavam no pátio com jogos de mãos e que, através deles, interagiam entre si desenvolvendo habilidades musicais de forma inconsciente. Para embasar a pesquisa recorreu-se a alguns autores que tratam da cultura infantil valorizando as atividades espontâneas das crianças e vendo-as como "produtoras de cultura" (SOUSA, 2008, p. 02). A metodologia utilizada para a coleta de dados foi observação participativa acrescida de entrevista, a partir da qual se procurou traçar paralelos e destacar aspectos do "brincar com a música" que possam auxiliar nas aulas de musicalização.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. Tradução de Maria Ermantina Galvão
G. Ferreira. 3.ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
GAINZA, Violeta Hemsy. Juegos de Manos: 75 rimas e canciones tradicionales com
manos y otros gestos. Buenos Aires: Guadalupe, 1996.
HORTÉLIO, Lydia. É preciso brincar para afirmar a vida. Entrevista cedida a revista Almanaque Brasil de Cultura Popular. São Paulo, Volume 10, nº 114, p. 23-25, outubro, 2008.
LAKATOS, E. M., MORCONI, M. A. Fundamentos da metodologia científica. 3ª edição. São Paulo: Atlas, 1991.
PAIVA, Ione Maria R. Brinquedos Cantados. Dissertação de Mestrado em Engenharia de Produção. Universidade Estadual de Santa Catarina. Florianópolis: UFSC 2000.
SCHROEDER, S. C. N. Brincando com a música: uma proposta para formação e atuação musical do professor de pré-escola e séries iniciais do ensino fundamental. In: XVI Encontro Anual da ABEM e Congresso Regional da ISME na América Latina 2007, 2007, Campo Grande. XVI Encontro Anual da ABEM e Congresso Regional da ISME na América Latina 2007, 2007.
SILVA, Gabriela Flor Visnad. Um estudo sobre brincadeiras cantadas da infância: jogos de mãos apresentados por crianças de Florianópolis. Trabalho de Conclusão de Curso em Licenciatura em Música. Centro de Artes. Universidade do Estado de Santa Catarina. UDESC. 2004.
SOUZA, Fernanda. Comunidade de prática musical: os jogos de mão praticados pelas crianças no recreio escolar. Artigo para XVII Encontro Nacional da ABEM: Diversidade Musical e Compromisso Social, o papel da educação musical. São Paulo, 2008.
VILLARD, Marina Lemos. O imaginário infantil no âmbito escolar. Trabalho de Conclusão de Curso em Pedagogia. Faculdade de Ciências. Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita". Bauru: UNESP 2007
Publicado
2019-06-12
Como Citar
TESSAROTO, T.; GOMES, R. Brincando de música dentro e fora da sala de aula. Literartes, v. 1, n. 10, p. 200-215, 12 jun. 2019.