Equipe de ajuste, de Philip K. Dick: do conto à adaptação no filme Os Agentes do Destino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2022.191140

Palavras-chave:

Philip K. Dick, Agentes do Destino, Equipe de ajuste, ficção científica

Resumo

O presente artigo estuda o conto Equipe de Ajuste (Adjustment Team), escrito em 1954 por Philip K. Dick, e sua transposição para o filme Os Agentes do Destino (The Adjustment Bureau), de 2011, escrito e dirigido por George Nolfi. No conto, Ed Fletcher e os demais personagens vivenciam seu cotidiano normalmente até que, de repente, por uma falha do “Plano”, Fletcher acaba vendo algo proibido que tem lugar na construção da chamada vida real, o que a coloca em xeque. Todo o conto trabalha com imagens presentes em nosso imaginário de um mundo organizado e perfeito com base numa construção formulada através dos desígnios divinos. Tal descoberta é pontuada por questões filosóficas como fé e livre-arbítrio, em oposição ao “Plano” ou à predestinação. Na narrativa fílmica, por sua vez, o par romântico tem sua realidade manipulada pelos “agentes do destino”, que tentam evitar o relacionamento entre um político promissor e uma bailarina, atuando como intermediários que manipulam as ações humanas com o objetivo de concretizar o “Plano” já estabelecido.

Biografia do Autor

  • Sandra Trabucco Valenzuela, Faculdade de Tecnologia de São Paulo

    Pós-doutora em Estudos Comparados pela FFLCH, Universidade de São Paulo (USP); Doutora e Mestre em Literatura Hispano-Americana pela FFLCH/USP; Bacharel e Licenciada em Letras pela FFLCH/USP; Especialista em História da Arte (Claretiano) e Especialista em Cinema e Linguagem Audiovisual (UBC). Docente da FATEC, FAM e UPM. Autora de diversos livros e artigos científicos, tradutora juramentada e tradutora de obras nas áreas de Pedagogia, Ciências Humanas, História, Teologia e Artes. Prêmio Literário José Celestino Bourroul 2014, de melhor livro do anos concedido pela Academia de História. Prêmio Agito Cultural 2017, concedido pela Assembleia Legislativa de SP. Produtora e apresentadora do programa Mega Séries, Rádio Mega Brasil Online.

Referências

AGENTES do destino, Os. (The Adjustment Bureau). Direção: George Nolfi. Produção: George Nolfi, Universal Pictures. Intérpretes: Matt Damon, Emily Blunt, Antohony Mackie, Terence Stamp e outros. Roteiro Adaptado: George Nolfi. EUA: Universal Pictures, 2011. 105 min. Cor. Baseado no conto “Adjustment Team”, 1954, Philip K. Dick.

AGENTES do destino, Os. Cartaz de divulgação. EUA: Universal Pictures, 2011. Disponível em: http://imdb.to/2LsoiE6 Acesso em: 21 nov. 2020.

ARNOLD, Kyle. On another planet. Culture. Independent, 24/jun./ 2016. Disponível em: http://bit.ly/3nlbGfs Acesso em: 27 nov. 2020.

BIBLIA Online. Gênesis, 2:7. Disponível em: http://bit.ly/3hL6qk8 Acesso em 03 nov. 2020.

BIBLIA Online. Salmos, 137:1-9. Disponível em: http://bit.ly/38iU3bH Acesso em: 22 nov. 2020.

CAHIR, Linda Costanzo. Literature into film. Theory and practical approaches. North Carolina, USA: McFarland & Company Publishers, 2006.

CARRÈRE, Emmanuel. Eu estou vivo e vocês estão mortos: A vida de Philip K. Dick. Trad. Daniel Luhman. São Paulo: Aleph, 2016. 360 p.

CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain. Dicionário de símbolos. Rio de Janeiro: José Olympio, 1997.

COLLINS Dictionary. Collins Online Unabridged English Dictionary. Disponível em: http://bit.ly/2XghMmJ Acesso em: 23 nov. 2020.

DICK, Philip K. “Adjustment Team”. In: ORBIT. The Best in Science Fiction. Morris S. Latzen (Publisher). Jules Saltman (Ed.). New York: Hanro Corp. v. 1, n. 4, Sept.-Oct. 1954. pp. 81-100. Edição fac-similar. Disponível em: http://bit.ly/3bsjb23. Acesso em: 22 nov. 2020.

DICK, Philip K. “Equipe de Ajuste”. In: Realidades adaptadas. Os contos de Philip K. Dick que inspiraram grandes sucessos do cinema. Trad. Ludimila Hashimoto. São Paulo: Aleph, 2012.

DICK, Philip K. How to build a Universe that doesn’t fall apart two days later. (1978). The Shifting Realities of Philip K. Dick: Selected Literary and Philosophical Writings. Ed. Lawrence Sutin. New York: Vintage, 1995. Disponível em: http://bit.ly/2JUGDJQ Acesso em: 22 nov. 2020.

DICK, Philip K. O homem do castelo alto. Trad. Fabio Fernandes. São Paulo: Aleph, 2015.

DIEBEL, Edsel Pamplona. O livre-arbítrio segundo Abelardo. Disponível em: Trans/Form/Ação, vol.42 no.spe. Marília, 2019. Scielo. Disponível em: https://bit.ly/3fJsoCZ Acesso em: 22 nov. 2020.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da linguagem visual. Trad. Jefferson Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

ELLIS, John. The literary adaptation. Screen, n. 23, p. 3-5, Maio/Junho, 1982.

GUNKEL, H. Introduction to Psalms: the genres of the Religious Lyric of Israel. USA: Mercer University Press, 1998.

HELD, Jacqueline. O imaginário no poder: as crianças e a literatura fantástica. Trad. Carlos Rizzi. São Paulo: Summus, 1980.

HUTCHEON, Linda. Uma teoria da adaptação. (Tradução André Cechinel). 2 ed. Florianópolis: Editora da UFSC, 2013.

IMDB. The Adjustment Team. Disponível em: https://www.imdb.com/title/tt1385826. Acesso em: 26 nov. 2020.

LEGROS, Patrick et al. Sociologia do imaginário. Trad. Eduardo Portanova Barros. 2 ed. Porto Alegre: Sulina, 2014.

MANTOVANI, Anna. Cenografia. São Paulo: Ática, 1989. Col. Princípios.

MICHELANGELO. A Criação de Adão. Afresco na Capela Sistina. Disponível em: A Criação de Adão. Disponível em: https://bit.ly/3md6Elz Acesso em: 27 nov. 2020.

ORBIT. The Best in Science Fiction. Morris S. Latzen (Publisher). Jules Saltman (Ed.). New York: Hanro Corp. v. 1, n. 4, Sept.-Oct. 1954.

ROAS, David. A ameaça do fantástico. Aproximações teóricas. Trad. Julián Fuks. São Paulo: Unesp, 2014.

STAM, Robert. Introdução à teoria do Cinema. 5 ed. São Paulo: Papirus, 2013.

TODOROV, T. Introdução à literatura fantástica. 2 ed. São Paulo: Perspectiva, 1992.

VALENZUELA, Sandra Trabucco. “Agentes do destino”: do conto de Philip K. Dick para as telas. In: Anais do Congresso Internacional Abralic, 2018, p. 2060-2069. Disponível em https://bit.ly/38k6wMs Acesso em: 20 nov. 2020.

Downloads

Publicado

2022-12-30

Como Citar

VALENZUELA, Sandra Trabucco. Equipe de ajuste, de Philip K. Dick: do conto à adaptação no filme Os Agentes do Destino. Literartes, São Paulo, Brasil, v. 1, n. 17, p. 134–164, 2022. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2022.191140. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/191140.. Acesso em: 25 maio. 2024.