Lasar Segall: o pintor de almas

Autores

  • Dayse Oliveira Barbosa Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2023.203077

Palavras-chave:

literatura juvenil, Lasar Segall, Segunda Guerra Mundial, Tráfico negreiro, intersemiótica

Resumo

ZATZ, Lia. Lasar Segall: o pintor de almas. São Paulo: Callis, 2001.

Biografia do Autor

  • Dayse Oliveira Barbosa, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

    Doutoranda em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na FFLCH/USP. Mestra em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na FFLCH/USP. Professora de Língua Portuguesa no ensino médio. Autora do livro Grimm e Majidí: figurações da cumplicidade na infância em João e Maria e Filhos do paraíso. Integrante do Grupo de Pesquisa Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens-FFLCH/USP.

Referências

GAGNEBIN, Jeanne Marie. Lembrar escrever esquecer. São Paulo: Editora 34, 2009.

ZATZ, Lia. Lasar Segall: o pintor de almas. São Paulo: Callis, 2001.

Downloads

Publicado

2023-12-20

Como Citar

BARBOSA, Dayse Oliveira. Lasar Segall: o pintor de almas. Literartes, São Paulo, Brasil, v. 1, n. 19, p. 226–232, 2023. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2023.203077. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/203077.. Acesso em: 24 jul. 2024.