Tecnologias e Literatura para crianças

Autores

  • Maria Auxiliadora Baseio
  • Maria Zilda da Cunha Universidade de São Paulo;Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2012.47172

Palavras-chave:

literatura infantil, linguagem, novas tecnologias

Resumo

Considerando-se a invenção da fotografia um dado paradigmático na história da linguagem, colocam-se sob mira marcos da  evolução e das interfaces criadas entre as linguagens e as novas mídias de informação e comunicação. A partir daí, abordam-se algumas relações que se estabelecem entre os meios produtores de linguagem e a literatura contemporânea para crianças e  jovens, por meio de procedimentos analíticos que levam em conta suas analogias e afinidades.

Biografia do Autor

Maria Auxiliadora Baseio

Doutora em Letras – Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade de São Paulo. Título da Tese: Entre a magia da voz e a artesania da letra: o sagrado em Manuel de Barros e Mia Couto.

Maria Zilda da Cunha, Universidade de São Paulo;Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Professora Doutora das Áreas de Literatura Infantil e Juvenil, Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade de São Paulo Autora do livro Na tessitura dos signos contemporâneos: novos olhares para a literatura infantil e juvenil publicado pela editora Humanitas/Paulinas, dentre outras obras.

Downloads

Publicado

2012-09-21

Como Citar

BASEIO, M. A.; CUNHA, M. Z. da. Tecnologias e Literatura para crianças. Literartes, [S. l.], n. 1, p. 1-14, 2012. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2012.47172. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/47172. Acesso em: 28 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos