Os documentos de processo do documentário Saberes da Terra: redes móveis em construção

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2596-2477.i47p203-215

Palavras-chave:

Fotografia, Documentário, Crítica genética, Anthotype, Processos de criação

Resumo

Este artigo tem como objetivo organizar o pensamento diante da observação dos documentos de processos do documentário Saberes da Terra (2020), a partir da crítica genética com base semiótica da estudiosa Cecilia Almeida Salles. Ainda, com a proposta de encontrar (nesses documentos) novos sentidos e configurações que auxiliem para uma nova versão do filme ou que inspirem a criação de uma instalação artística. O documentário, que tem como tema a agricultura agroecológica, faz parte da pesquisa em andamento no doutorado em Media Artes, na Universidade da Beira Interior, em Portugal. A criação das imagens fotográficas em anthotype, que fazem parte do documentário, é realizada pelos alimentos dos agricultores agroecológicos entrevistados. Dessa forma, o artigo busca possibilidades de diálogos com a fotografia e com as relações intersemióticas entre os documentos de processos utilizados na criação do documentário através dos diários de criação, arquivos digitais, matrizes positivas e fichas catalográficas dos anthotype.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Corrêa da Silva Pinheiro, Universidade da Beira Interior (Portugal)

Fotógrafa e jornalista. Doutoranda em Media Artes na Universidade da Beira Interior-Portugal. Mestra em Artes visuais, UNICAMP/SP, na linha Poéticas Visuais e Processos de Criação.

Referências

BOURRIAUD, N. Estética Relacional. Tradução de Denise Bottmann. São Paulo: Martins Fontes 2009.

COCCIA, E. A vida das Plantas: uma metafísica da mistura. Lisboa: Editora Payot e Rivages, 2013.

COUCHOT, E. Da representação à simulação: evolução das técnicas e das artes da figuração. In: PARENTE, André (org.). Imagem Máquina. Rio de Janeiro: Ed 34, 1993.

FABBRI, M. Anthotypes: explore the darkroom in your garden and make photographs using plants. Stockholm: Alternativephotography.com, 2012.

FERNANDES JR., R. A fotografia expandida. 2002. 275f. Tese de Doutorado em Comunicação e Semiótica– Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2002.

FLUSSER, V. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Tradução do autor. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.

MONFORTE, L. G. Fotografia Pensante. São Paulo: Senac, 1997.

PINHEIRO, D. Nhak-krarati. Porto de Cultura, 2022.

PINHEIRO, D. O entrecruzamento das linguagens imagéticas no ensaio fotográfico Nhak-krarati. Disponível em: <https://pequenoencontrodafotografia.com/2022/08/01/espaco-da-pesquisa-painel-experimentacoes-na-fotografia-e-no-cinema/>. Acesso em: 12 set. 2022.

ROUILLÉ, A. A fotografia: entre documento e arte contemporânea. Tradução de Constancia Egrejas. São Paulo: Senac, 2009.

SALLES, C. A. Crítica Genética. Fundamentos dos estudos genéticos sobre processo de criação artística. São Paulo. Ed Educ, 2008.

SALLES, C. A. Gesto inacabado: processo de criação artística. 5. ed. ver. e ampl. São Paulo: Intermeios, 2011.

SALLES, C. A. Redes de criação: Construção da obra de arte. São Paulo: Editora Horizonte, 2016.

SANTAELLA, L. Matrizes de linguagens e pensamento: sonora visual verbal: aplicações na hipermídia, 3ª ed, São Paulo: Iluminuras: FAPESP, 2005.

SCARANO, F. R. Regenerantes de Gaia. Rio de Janeiro: Editora Dantes, 2019.

SOULAGES, F. Estética da fotografia: perda e permanência. Tradução de Iraci D. Poleti, Regina Salgado Campos. São Paulo: Senac, 2010.

SPINELI, P. K.; PFÜTZENREUTER, E. do P. Sobre o uso das marcas de seleção e edição em folhas de contato e cópia de trabalho na criação fotográfica. Manuscrítica, Revista de Crítica Genética, São Paulo, n. 31, p. 136-149, 2016. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/manuscritica/article/view/177878>. Acesso em: 25 nov. 2022.

Downloads

Publicado

2022-12-22

Como Citar

Pinheiro, D. C. da S. (2022). Os documentos de processo do documentário Saberes da Terra: redes móveis em construção. Manuscrítica: Revista De Crítica Genética, (47), 203-215. https://doi.org/10.11606/issn.2596-2477.i47p203-215