Sepultamentos e Rituais Funerários entre os Povos Celtiberos

  • Silvana Trombetta Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Arqueologia, Celtiberos, Enterramentos, Rituais

Resumo

As pesquisas arqueológicas sobre os sepultamentos celtiberos buscam elucidar as práticas funerárias no que diz respeito ao critério utilizado para escolha dos objetos depositados nas sepulturas (espadas, punhais, adagas, fusos) bem como os processos de incineração e deposição do cadáver. Havia sepultamentos primários cujos restos mortais eram colocados em buracos diretamente escavados na terra e marcados por estelas funerárias e outros secundários nos quais os ossos eram previamente selecionados antes da deposição em urnas cinerárias. Neste sentido, são particularmente importantes as necrópoles de La Mercadera (na qual 40% dos enterramentos possuíam armas), Carratiermes (com enterramentos do século VI a. C ao I d.C. que proporcionam uma vasta documentação material) e Numância (na qual a existência de urnas cinerárias com ossos pré-selecionados e a presença nos enterramentos de fíbulas com representações de cavaleiros carregando cabeças cortadas sugerem ritos marcados por uma complexa simbologia).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvana Trombetta, Universidade de São Paulo
Doutora em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo
Publicado
2018-04-17
Como Citar
Trombetta, S. (2018). Sepultamentos e Rituais Funerários entre os Povos Celtiberos. Mare Nostrum (São Paulo), 9(1), 95-114. https://doi.org/10.11606/issn.2177-4218.v9i1p95-114
Seção
Artigos