Arquitetura, matéria e historiografia: interfaces entre investigação tecnológica e pesquisa histórica, a partir de tijolos cerâmicos em Santa Leopoldina (ES)

Palavras-chave: Tijolo cerâmico. Sítio histórico. Santa Leopoldina-ES.

Resumo

Considerando a potencialidade do material construtivo como ferramenta para a historiografia, este artigo consiste em análise de tijolos cerâmicos presentes no sistema construtivo de edificações do Sítio Histórico de Santa Leopoldina, no Estado do Espírito Santo, Brasil, protegido em esfera estadual em 1983. Para além da necessidade de documentação dos sistemas construtivos tradicionais brasileiros e da imprescindibilidade de subsídios técnicos para intervenção no patrimônio edificado, aborda-se a importância da investigação tecnológica para compreensão do processo construtivo da edificação. O critério adotado parte da análise física e mineralógica de um grupo amostral e da interpretação desta análise, admitindo a historicidade da arquitetura como ferramenta de conhecimento da sociedade. Para fundamentação teórica, busca-se o conhecimento da matéria prima do objeto de estudo, bem como os métodos típicos empregados no século XIX, para a produção de tijolos cerâmicos. Metodologicamente, a análise compreende a realização de ensaios laboratoriais para caracterização física e mineralógica dos tijolos, cujos resultados são correlacionados à pesquisa histórica da produção de tijolo cerâmico em Vitória, capital do Estado, entre o século XIX e o início do século XX. O resultado consiste em considerações acerca da fabricação dos tijolos cerâmicos em Santa Leopoldina e contribui para a compreensão dos métodos construtivos utilizados pelos imigrantes europeus não lusitanos que, ao chegarem ao Brasil, a partir da segunda metade do século XIX, colonizam o interior do Espírito Santo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Vanderson Moreira Silva. A produção do espaço urbano de Vitória - ES pela construção imobiliária entre o final do século XIX e meados do século XX. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2015.

DAVEY, Norman. A History of building materials. London: Phoenix House, 1961.

ESPÍRITO SANTO (Estado). Secretaria de Estado da Cultura. Conselho Estadual da Cultura. Arquitetura / Patrimônio Cultural do Espírito Santo. Vitória: SECULT, 2009.

GENOVEZ, Sarita Carneiro. Análise Estratigráfica: uma contribuição ao projeto de restauro. Dissertação de Mestrado em Arquitetura e Urbanismo – Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2012.

GROSSELLI, R. M. Colônias imperiais na terra do café: camponeses trentinos (vênetos e lombardos) nas florestas brasileiras: Espírito Santo 1874-1900. Vitória, ES: Arquivo Público

LEISEIGNEUR, Annie, Guilluy, Françoise. L’argile dans sous sés etats. Elbeuf: Association pour La valorisation du patrimoine normand, 1988.

MATHEUS, João Mascarenhas. Técnicas Tradicionais de Construção de Alvenarias: a literatura técnica de 1750 a 1900 e o seu contributo para a conservação dos edifícios históricos. Lisboa: Livros Horizontes, 2002.

OLIVEIRA, Mário Mendonça de. Restauro Estrutural: Intuição e cálculo. In DAMSTRUC - 4rd International Conference on the Behaviour of Damaged Structures, João Pessoa, 2005.

PETRUCCI, Eládio. Materiais de construção. Porto Alegre: Editora Globo, 1975.

QUEIROZ, Rodrigo Zotelli. Uso de Ferramentas Computacionais para Análise de Modificações na Ambiência Urbana de Sítio Histórico Tombado: ensaio em Santa Leopoldina – ES. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2013.

QUIRÓS, CASTILLO, J.A. Arqueologia de la Arquitectura en España. Revista de la arqueologia de la Arquitectura, Universid del País Vasco, nº 01. Disponível em: http://arqarqt.revistas.csic.es/index.php.arqarqt/article/view4/4. Acesso em: jan 2016.

RIBEIRO, Nelson Pôrto. Alvenarias e Argamassas. Restauração e Conservação. Coleção artes e Ofícios. Rio de Janeiro: In-Fólio, 2009

RIBEIRO, Nelson Pôrto. Atores da Construção Civil no Espírito Santo do século XIX. In: A Construção da cidade portuguesa na América. Rio de Janeiro: Editora POD, 2011.

ROCHA, Isabel. Tijolo por Tijolo: Construindo Alvenarias no Vale do Paraíba do Sul. Tese (Doutorado) Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012.

SANTOS, Larrissa Acatauassu Nunes dos. A Arqueologia da Arquitetura e a produção de tijolo na Bahia do século XVI ao XIX. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.

VITRUVIO, Tratado de Arquitetura. Martins Fontes, 2007.

Publicado
2017-12-18
Como Citar
Florenzano, L., Almeida, R., & Angélica, R. (2017). Arquitetura, matéria e historiografia: interfaces entre investigação tecnológica e pesquisa histórica, a partir de tijolos cerâmicos em Santa Leopoldina (ES). Pós. Revista Do Programa De Pós-Graduação Em Arquitetura E Urbanismo Da FAUUSP, 24(44), 148-163. https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v24i44p148-163
Seção
Artigos