80 A ABERTURA E O ESTADO PLURALISTA COMO BUSCA DE SOLUÇÃO CONSTITUCIONAL AO PROBLEMA DAS “DUAS BOLÍVIAS”

Autores

  • Salvador Schavelzon Universidade Federal de Rio de Janeiro.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2010.82396

Palavras-chave:

América do Sul, Cultura Latino-americana.

Resumo

Esse trabalho faz uma análise do contexto político boliviano atual, à luz da nova
ordem aberta com a promulgação da Constituição em fevereiro de 2009, e o começo da sua
implementação. A partir da análise do novo texto constitucional, me deterei na consideração
das (in)definições no plano da autonomia; da oficialização de línguas indígenas; da economia;
da cultura; da justiça comunitária; e da representação política dos povos minoritários. O artigo
é uma apresentação das tentativas pluralistas de reforma política e do complexo processo de
acordo político com que estas se depararam. Antes de entrar na análise da nova Constituição,
percorrerei o campo das ideias políticas na Bolívia e a imagem local das “duas bolívias” como
problema que permite entender o contexto em que a Assembleia Constituinte foi convocada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-01

Como Citar

Schavelzon, S. (2010). 80 A ABERTURA E O ESTADO PLURALISTA COMO BUSCA DE SOLUÇÃO CONSTITUCIONAL AO PROBLEMA DAS “DUAS BOLÍVIAS”. Brazilian Journal of Latin American Studies, 9(16), 80-97. https://doi.org/10.11606/issn.1676-6288.prolam.2010.82396

Edição

Seção

Artigos