APLICAÇÃO DA METODOLOGIA MULTICRITÉRIO NA SELEÇÃO DE PROJETOS EM UMA INCUBADORA DE EMPRESAS DE PERNAMBUCO

Autores

  • Rafael Gomes de Barros
  • Marcos Felipe Falcão Sobral Universidade Federal Rural de Pernambuco

Palavras-chave:

Incubadoras de Empresas, Apoio Multicritério a Decisão, PROMETHEE II

Resumo

A seleção de projetos de incubação gera a responsabilidade de mantê-los em funcionamento por até três anos. Isto implica em um investimento de médio a longo prazo por parte da iniciativa pública e privada, fazendo com que equívocos na seleção tenham conseqüências severas. Desta forma, a seleção errada de um projeto pode implicar na perda do investimento. Em contrapartida, a não escolha de um projeto promissor possui conseqüências sérias para o desenvolvimento regional e econômico. Neste contexto as incubadoras enfrentam dificuldades naturais em decidir quais empresas deverão ser incubadas. Isto ocorre em função da alta quantidade de alternativas a serem consideradas em face a múltiplos critérios. Considerando isso, o presente trabalho relata a aplicação experimental do método PROMETHEE II para apoiar o decisor na seleção de projetos em uma incubadora de Pernambuco no ano de 2012. O uso do método permitiu a estruturação de um modelo para seleção de projetos de incubação permitido ao decisor uma recomendação que o auxiliou na tomada de decisão final.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafael Gomes de Barros

Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco – UFRPE

Marcos Felipe Falcão Sobral, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco – UFRPE
Professor do Programa de Mestrado em Administração e do Departamento de Administração da Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRP

Downloads

Publicado

2015-06-25

Como Citar

Barros, R. G. de, & Sobral, M. F. F. (2015). APLICAÇÃO DA METODOLOGIA MULTICRITÉRIO NA SELEÇÃO DE PROJETOS EM UMA INCUBADORA DE EMPRESAS DE PERNAMBUCO. INMR - Innovation & Management Review, 12(2), 180-199. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/rai/article/view/100338

Edição

Seção

Artigos