Urbanização, globalização e saúde

Autores

  • Helena Ribeiro Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental
  • Heliana Comin Vargas Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Departamento de Projetos

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i107p13-26

Palavras-chave:

saúde urbana, qualidade ambiental, espraiamento urbano, urbanização

Resumo

O artigo discute interfaces entre conceitos de saúde urbana e de qualidade ambiental, apresentando bases conceituais e enfocando elementos que compõem a qualidade ambiental urbana como fator determinante de saúde. A seguir, enfoca as relações entre globalização e urbanização mundial e apresenta o caso emblemático da urbanização brasileira e algumas de suas características mais marcantes, que têm consequências importantes na saúde urbana: espraiamento urbano, (des) economias de aglomeração e efeitos da virtualidade globalizada. 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Helena Ribeiro, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública. Departamento de Saúde Ambiental

    é professora do Departamento de Saúde Ambiental da Faculdade de Saúde Pública da USP

  • Heliana Comin Vargas, Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Departamento de Projetos

    é professora do Departamento de Projetos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP

Referências

ALVES FILHO, A. P.; RIBEIRO, H. “A Percepção do Caos Urbano, as Enchentes e suas Repercussões nas Políticas Públicas da Região Metropolitana de São Paulo”, in Saúde e Sociedade, v. 15, n. 3, set.-dez./2006, pp.143-61.

BARROS, M. T. L. “Drenagem Urbana: Bases Conceituais e Planejamento”, in A. Philippi Jr. Saneamento, Saúde e Ambiente. Barueri, Manole, 2005.

BRITO, Fausto. “O Deslocamento da População Brasileira para as Metrópoles”, in Estudos Avançados, 20(57), 2006, pp. 221-36.

CAIAFFA, W. et al. “A Cidade É uma Estranha Senhora, que Hoje Sorri e Amanhã te Devora”, in Ciência e Saúde Coletiva, 13(6), 2008, pp. 1.785-96.

CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental. Relatório de Qualidade Ambiental do Estado de São Paulo. Governo do Estado de São Paulo, 2015.

CET – Companhia de Engenharia de Tráfego. Acidentes de Trânsito Fatais. Relatório Anual. São Paulo, CET, 2014.

CINTRA, M. Os Custos do Congestionamento na Cidade de São Paulo. Textos para discussão. Escola de Economia da Fundação Getúlio Vargas – EESP. 2014. Disponível em: www.marcoscintra.org/adm/doc/Custo_transitopdf. Acesso em: 17/11/2015.

FORTES, P. A. C.; RIBEIRO, H. “Saúde Global em Tempos de Globalização”, in Saúde e Sociedade, v. 23, n. 2, junho/2014.

FRUMKIN, H.; FRANK, L.; JACKSON, R. Urban Sprawl and Public Health. Washington D.C., Island Press, 2004.

GONÇALVES, J. C. S. “O Microclima Urbano e Suas Implicações Ambientais”, in Revista Sinopses, n. 31, São paulo, junho/1999, pp. 29-48.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Demográfico 2010.

. Censo Demográfico 2010 – Aglomerados Subnormais – Informações Territoriais. Disponível em: www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacaocenso2010/aglomerados_subnormais_informacoes_territoriais. 2011. Acesso em: 10/11/2015.

. Séries Estatísticas. População e Demografia. Disponível em: http://www.ibge.gov.br. Acesso em: 28/10/2015.

. Censo Demográfico 2010: Nupcialidade, Fecundidade e Migração. Rio de Janeiro, 2012.

KONDO, M. C.; SOUTH, E. C.; BRANAS, C. C. “Nature-based Strategies for Improving Urban Health and Safety”, in Journal of Urban Health, v. 92, n. 5, 2015.

LASSONDE, L. Les Défis de la Démographie. Quelle Qualite de Vie pour le XXIe Siecle. Paris, La Découverte, 1996.

LUEDDEKE, G. R. Global Population Health and Well-being in the 21st Century. New York, Springer, 2015.

NUNES, M.; RIBEIRO, H. “Interferências do Ruído do Tráfego Urbano na Qualidade de Vida: Zona Residencial de Brasília/DF”, in Cadernos Metrópole, n. 19. Educ, 2008.

PARK, S. K.; WANG, W. “Ambient Air Pollution and Type 2 Diabetes Mellitus: a Systematic Review of Epidemiologic Research”, in Current Environmental Health Reports, v. 1, issue 3, September/2014, pp. 275-86.

PEREZ, L. et al. “Near-Roadway Pollution and Childhood Asthma: Implications for Developing ‘Win-win’ Compact Urban Development and Clean Vehicles Strategies”, in Environmental Health Perspectives, 120(11), 2012, pp. 1.619-26.

PROIETTI, F. A.; CAIAFFA, W. T. “Forum: What Is Urban Health?”, in Cadernos de Saúde Pública [online], v. 21, n. 3, 2005.

RIBEIRO, H.; VARGAS, H. C. (orgs.). Novos Instrumentos de Gestão Ambiental Urbana. São Paulo, Edusp, 2014.

RIBEIRO SOBRAL, H. “Heat Island in São Paulo, Brazil: Effects on Health”, in Critical Public Health, 15(2), june/2005, pp. 147-56.

RIBEIRO, H.; ASSUNÇÃO, J. V. “Transport Air Pollution in São Paulo, Brazil: Advances in Control Programs in the Last 15 Years”, in S. Basbas (ed). Advances in City Transport: Case Studies. Witpress, Southampton, 2006.

RIBEIRO, H.; GÜNTHER, W. M. R. “Grupos Comunitários e Instituições como Atores e Educação Ambiental como Instrumento do Desenvolvimento Socioambiental Sustentado”, in M. Krasilchik; N. Pontuschka; H. Ribeiro. Pesquisa Ambiental: Construção de um Processo Participativo de Educação e Mudança. São Paulo, Edusp, 2006.

ROCHA, L. E.; THORSON, A. E.; LAMBIOTTE, R. “The Non-linear Health Consequences of Living in Larger Cities”, in Journal of Urban Health, v. 92, n. 5, 2015.

ROSEN, G. The History of Public Health. New York, MD Publications, 1958.

SÃO PAULO. Prefeitura do Município. Decreto Regulamenta Carga e Descarga de Caminhões na Capital. Disponível em: www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a-cidade/notícias. Acesso em: 10/4/2009.

. Prefeitura do Município. Psiu no Combate à Poluição Sonora. Disponível em: www.portal.prefeitura.sp.gov.br/secretarias/subprefeitura/psiu. Acesso em: 10/4/2009.

SCOTT, A. Urbanization and Economic Development. 31st International Geographical Congress. Tunis, 2008.

SHIELDS, K. N. et al. “Traffic-related Air Pollution Exposure and Changes in Heart Rate Variability in Mexico City: a Panel Study”, in Environmental Health: a Global Access Science Source, 12(1), 2013.

SILVA, E. N.; RIBEIRO, H. “Alterações da Temperatura em Ambientes Externos de Favela e Desconforto Térmico”, in Revista de Saúde Pública (2006) 40, pp. 663-70.

SIQUEIRA, K. “Cargas, Operação Corujão”, in O Carreteiro, n. 369, 2005. Disponível em: www.revistaocarreteiro.com.br/modules/revista.php?recid=108. Acesso em: 10/4/2009.

VARGAS, H. C. Espaço Terciário. O Lugar, a Arquitetura e a Imagem do Comércio. São Paulo, Senac, 2001.

. (I)Mobilidade Urbana. São Paulo, URBS, jul.-ago.-set./2008, pp. 7-11.

. Comércio, Espaço Público e Cidadania. I Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade. Indaiatuba, Anppas, 2002.

Downloads

Publicado

2015-12-17

Edição

Seção

Dossiê "Saúde Urbana"

Como Citar

RIBEIRO, Helena; VARGAS, Heliana Comin. Urbanização, globalização e saúde. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 107, p. 13–26, 2015. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i107p13-26. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/115110.. Acesso em: 25 jul. 2024.