Concepções religiosas afro-brasileiras e neopentecostais: uma análise simbólica

Autores

  • Vagner Gonçalves da Silva Universidade de São Paulo. Departamento de Antropologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i67p150-175

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Vagner Gonçalves da Silva, Universidade de São Paulo. Departamento de Antropologia

    é professor do Departamento de Antropologia da FFLCH-USP e autor de, entre outros, Candomblé e Umbanda (Selo Negro).

Referências

ABIMBOLA, Wande. “The Ioruba Concept of Human Personality”, in La Notion de Personne en Afrique Noire. Colloques Internationale du C.N.R.S., n 544, 1973.

AMARAL, Rita. Xirê! O Modo de Crer e de Viver no Candomblé. Rio de Janeiro, Educ/Pallas, 2002.

ALMEIDA, Ronaldo. “A Universalização do Reino de Deus”, in Novos Estudos, n. 44. São Paulo, Cebrap, 1996a, pp. 12-23.

________. A Universalização do Reino de Deus. Dissertação de mestrado em Antropologia Social. São Paulo, Unicamp, 1996b.

BIRMAN, Patrícia. “Cultos de Possessão e Pentecostalismo no Brasil: Passagens”, in Religião e Sociedade. Rio de Janeiro, n. 17, 1994.

________. “Males e Malefícios no Discurso Neopentecostal”, in P. Birman; R. Novaes e S. Crespo (orgs.). O Mal à Brasileira. Rio de Janeiro, Eduerj, 1997.

________. “Conexões Políticas e Bricolagens: Questões sobre Pentecostalismo”, in Pierre Sanchis (org.). Fiéis & Cidadãos – Percursos de Sincretismo no Brasil. Rio de Janeiro, Eduerj, 2001.

BRUMANA, Fernando; MARTÍNEZ, Elda. Marginália Sagrada. Campinas, Editora da Unicamp, 1991.

CAMARGO, Cândido Procópio de. Kardecismo e Umbanda. São Paulo, Pioneira, 1961.

CAVANCANTI, Maria Laura Viveiros de Castro. “Espiritismo”, in Sinais dos Tempos: Diversidade Religiosa no Brasil. Cadernos do Iser, 23, 1990, pp.147-55.

FRESTON, Paul. “Breve História do Pentecostalismo Brasileiro”, in Alberto Antoniazzi et al. Nem Anjos, Nem Demônios. Petrópolis, Vozes, 1994.

FRY, Peter H.; HOWE, G. N. “Duas Respostas à Aflição: Umbanda e Pentecostalismo”, in Debate e Crítica, no 6, 1975.

FRY, Peter H. “Manchester, Século XIX, e São Paulo, Século XX: Dois Movimentos Religiosos”, in Para Inglês Ver. Rio de Janeiro, Zahar, 1982.

GEISLER, C.; RHODES, Ron. Resposta às Seitas. Um Manual Popular sobre as Interpretações Equivocadas das Seitas. Rio de Janeiro, Casa Publicadora da Assembléia de Deus, 2004.

GIUMBELLI, Emerson. “Zélio de Morais e as Origens da Umbanda”, in Vagner Gonçalves da Silva. Caminhos da Alma. São Paulo, Selo Negro, 2002.

GOLDMAN, Marcio. “A Construção Ritual da Pessoa: a Possessão no Candomblé”, in Religião e Sociedade. Rio de Janeiro, Iser/Cer, 1985, vol.12/1, pp. 22-55.

GOMES, Wilson S. “Nem Anjos Nem Demônios”, in Alberto Antoniazzi et al. Nem Anjos, Nem Demônios. Petrópolis, Vozes, 1994, pp. 225-70.

JUNGBLUT, Airton. “Os Domínios do Maligno e seu Combate: Notas sobre Algumas Percepções Evangélicas Atuais Acerca do Mal”, in Bernardo Lewgoy (org.). Debates do NER, ano 4, n.4, IFCH/UFRGS, 2003.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Antropologia Estrutural. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro. 1970.

LEWIS, Ioan M. Êxtase Religioso. São Paulo, Perspectiva, 1971.

MACEDO, Edir. Orixás, Caboclos e Guias: Deuses ou Demônios? Rio de Janeiro, Editora Universal, 1996.

________. O Perfeito Sacrifício. Rio de Janeiro, Editora Universal, 2004.

MARIANO, Ricardo. “Igreja Universal do Reino de Deus: a Magia Institucionalizada”, in Revista USP, n. 31. São Paulo, CCS-USP, 1996, pp. 120-31.

________. Neopentecostais: Sociologia do Novo Pentecostalismo no Brasil. São Paulo, Loyola, 1999.

________. “Guerra Espiritual: o Protagonismo do Diabo nos Cultos Neopentecostais”, in Bernardo Lewgoy (org.). Debates do NER, ano 4, n. 4, IFCH/UFRGS, 2003.

MARIZ, Cecília. “Libertação e Ética. Uma Análise do Discurso de Neopentecostais que se Recuperaram do Alcoolismo”, in Alberto Antoniazzi et al. Nem Anjos, Nem Demônios. Petrópolis, Vozes, 1994.

Downloads

Publicado

2005-11-01

Edição

Seção

Religiosidade no Brasil

Como Citar

SILVA, Vagner Gonçalves da. Concepções religiosas afro-brasileiras e neopentecostais: uma análise simbólica . Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 67, p. 150–175, 2005. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i67p150-175. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/13461.. Acesso em: 30 maio. 2024.