Pluralidade cristã e algumas questões do cenário religioso brasileiro

Autores

  • André Ricardo de Souza Universidade Federal de São Carlos. Departamento de Sociologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i120p13-22

Palavras-chave:

pluralidade cristã, crescimento evangélico, mercado religioso, avanço espírita, intolerância religiosa

Resumo

Em meados do século passado, o panorama religioso brasileiro começou a ser caracterizado por uma pluralidade muito notadamente cristã e um mercado competitivo entre igrejas, algo que veio a se consolidar na última década mediante a explosão neopentecostal. Desde então e até o censo de 2010, o declínio católico acompanha a acelerada expansão evangélica, tendo havido também grande aumento dos sem religião. No presente decênio, verifica-se com mais nitidez outros fatores responsáveis pelo crescimento pentecostal, bem como dois dados novos e expressivos: considerável refreamento na proliferação dos irreligiosos e grande crescimento do espiritismo. Além disso, nota-se o acirramento da intolerância em relação aos adeptos dos cultos afro-brasileiros e algumas significativas manifestações contrárias, com caráter ecumênico.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • André Ricardo de Souza, Universidade Federal de São Carlos. Departamento de Sociologia

    é professor adjunto do Departamento de Sociologia da UFSCar, membro do grupo de pesquisa Diversidade Religiosa na Sociedade Secularizada do CNPq

Downloads

Publicado

2019-03-11

Edição

Seção

Dossiê religião e modernidade

Como Citar

SOUZA, André Ricardo de. Pluralidade cristã e algumas questões do cenário religioso brasileiro. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 120, p. 13–22, 2019. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i120p13-22. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/155528.. Acesso em: 28 maio. 2024.