Fernand Braudel e a Universidade de São Paulo

Autores

  • Lincoln Secco Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.i133p155-166

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Lincoln Secco, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

    professor do Departamento de História da FFLCH/USP e autor de, entre outros, A Revolução dos Cravos (Alameda).

Referências

AGUIRRE ROJAS, C. Braudel a debate. Mexico, JGH, 1997.

ANUÁRIO 1934 -1935. S ão Paulo, FFCL / USP, 1934 -1935.

BACON, F. Os pensadores. 3ª ed. São Paulo, Abril Cultural, 1984.

BLACHE, J. de la. L ́ homme et la montagne. Paris, Gallimard, 1933.

BRAUDEL, F. Civilização material, economia e capitalismo. Séculos XV-XVIII. Volume I. As estruturas do cotidiano. São Paulo, Martins Fontes, 1997.

BRAUDEL, F. Civilização material, economia e capitalismo. Séculos XV-XVIII. Volume II. Os jogos das trocas. São Paulo, Martins Fontes, 1998.

BRAUDEL, F. “Anatole France e a história”. O Estado de S. Paulo, 10 e 17 de novembro de 1935.

BRAUDEL, F. “História e ciências sociais: a longa duração”, in Escritos sobre a história. São Paulo, Perspectiva, 1978.BRAUDEL, F. “O ensino de história e suas diretrizes”. Revista de História, n. 146. São Paulo, USP, 2002.

BRAUDEL, F. A dinâmica do capitalismo. Rio de Janeiro, Rocco, 1987.

BRAUDEL, F. Civilização material, economia e capitalismo. Séculos XV-XVIII. Volume III. O tempo do mundo. São Paulo, Martins Fontes, 1998.

BRAUDEL, F. Escritos sobre a história. São Paulo, Perspectiva, 1978.

FRANÇA, E. Portugal na época da Restauração. São Paulo, FFCL,1951.

FRIEDMANN, G. Villes et campagnes. Civilisation urbaine et civilisation rurale en France. Paris, Armand Colin, 1953.

LIRA, L. A. O primeiro esboço do método geográfico de Vidal de La Blache a partir dos estudos do Mediterrâneo. Permanências e rupturas no contexto da institucionalização da geografia (1872-1918). Relatório Fapesp. São Paulo, USP, 2012.

LOT, F. La fin du monde antique et le début du moyen âge. Paris, La Renaissance du Livre, 1927.

MARTINEZ, P. H. “Fernand Braudel e a primeira geração de historiadores universitários da USP (1935-1956): notas para estudo”. Revista de História, n. 146. São Paulo, jul./2002.

PARIS, E. La genèse intelectualle de l'ouevre de Fernand Braudel. Athènes, Institut de Recherches Néo-Helléniques, 1999.

RIBEIRO, O. Mediterrâneo: ambiente e tradição. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian,

SECCO, L. A Revolução dos Cravos. São Paulo, Alameda/Fapesp/Cátedra Jaime Cortesão, 2004.

SECCO, L.; DEAECTO, M. “Introdução”, in F. Braudel. O Mediterrâneo e o mundo mediterrânico na época de Filipe II. São Paulo, Edusp, 2016.

VIEIRA, R. L. “Economia política dos sistemas-mundo e as novas perspectivas de pesquisas para a história econômica”. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História. São Paulo, ANPUH, julho/2011.

VILAR, P. Or et monnaie dans l ́ histoire. Paris, Flammarion, 1974.

Downloads

Publicado

2022-06-28

Como Citar

SECCO, Lincoln. Fernand Braudel e a Universidade de São Paulo. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 133, p. 155–166, 2022. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.i133p155-166. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/199317.. Acesso em: 20 jul. 2024.