EDUCAÇÃO PARA A DEMOCRACIA E CO-EDUCAÇÃO: APONTAMENTOS A PARTIR DA CATEGORIA GÊNERO

Autores

  • DANIELA AUAD Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i56p136-143

Resumo

EDUCAÇÃO PARA A DEMOCRACIA E CO-EDUCAÇÃO: APONTAMENTOS A PARTIR DA CATEGORIA GÊNERO. 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • DANIELA AUAD, Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

    Doutoranda da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo FE/USP e bolsista da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Referências

BENEVIDES, Maria Victoria de Mesquita. “Educação para a Democracia”, in Lua Nova, n. 38, São Paulo, 1996.

________. “Democracia de Iguais, mas Diferentes”, in Angela Borba; Nalu Faria; Tatau Godinho. Mulher e Política: Gênero e Feminismo no Partido dos Trabalhadores. São Paulo, Fundação Perseu Abramo, 1998.

________. Educação em Direitos Humanos: de que se Trata?. São Paulo, FE-USP, 2000 (palestra de abertura do Seminário de Educação em Direitos Humanos).

BOUDON, Raymond; BORRICAUD, François. Dicionário Crítico de Sociologia. São Paulo, Ática, 1993.

CHARTIER, Roger. A História Cultural – entre Práticas e Representações. Rio de Janeiro/Lisboa, Difel/Bertrand Brasil, 1988.

COLLIN, Françoise. “Diferença e Diferendo: a Questão das Mulheres na Filosofia”, in George Duby; Michelle Perrot (orgs.); Françoise Thébaud (dir. do vol.). História das Mulheres no Ocidente: o Século XX. Vol. 5. Porto/São Paulo, Afrontamento/Ebradil, 1991.

DIETZ, Mary G. “O Contexto É o que Conta: Feminismo e Teorias da Cidadania”, in Debate Feminista. Ed. Especial “Cidadania e Feminismo”. México/São Paulo, 1999.

GILLIGAN, Carol. Uma Voz Diferente: Psicologia da Diferença entre Homens e Mulheres da Infância à Vida Adulta. Rio de Janeiro, Rosa dos Tempos, s.d.

HIRATA, Helena Sumiko; KERGOAT, Danièle. “A Classe Operária Tem Dois Sexos”, in Revista de Estudos Feministas, v. 2, n. 3. Rio de Janeiro, 1994, pp. 93-100.

KERGOAT, Danièle. “Em Defesa de uma Sociologia das Relações Sociais: da Análise Crítica das Categorias Dominantes à Elaboração de uma Nova Conceituação”, in Andrèe Kartchevsky-Bulport et al. O Sexo do Trabalho. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 1986.

________. “Relações Sociais de Sexo e Divisão Sexual do Trabalho”, in Marta J. M. Lopes; Dagmar E. Meyer; Vera R. Waldow. Gênero e Saúde. Porto Alegre, Artes Médicas, 1996.

LAQUEUR, Thomas. Inventando o Sexo: Corpo e Gênero dos Gregos a Freud. Rio de Janeiro, Relume Dumará, 2001.

MOUFFE, Chantal. “Feminismo, Cidadania e Política Democrática Radical”, in Debate Feminista. Ed. Especial “Cidadania e Feminismo”, México/São Paulo, 1999.

PISCITELLI, Adriana. “Ambivalência sobre os Conceitos de Sexo e Gênero na Produção de Algumas Teóricas Feministas”, in Neuma Aguiar. Gênero e Ciências Humanas: Desafio às Ciências desde a Perspectiva das Mulheres. Rio de Janeiro, Rosa dos Tempos, Record, Coleção Gênero, 1997.

SCOTT, Joan W. “Gênero: uma Categoria Útil de Análise Histórica”, in Educação e Realidade, n. 16, Porto Alegre, 1990, pp. 5-22.

SUÁREZ, Mireya. “A Problematização das Diferenças de Gênero e a Antropologia”, in Neuma Aguiar. Gênero e Ciências Humanas: Desafio às Ciências desde a Perspectiva das Mulheres. Rio de Janeiro, Rosa dos Tempos, Record, Coleção Gênero, 1997.

TEIXEIRA, Beatriz Bastos. Por uma Escola Democrática. Tese de doutorado, Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2000.

TILLY, Louise A. “Gênero, História das Mulheres e História Social”, in Cadernos Pagu, n. 3, Campinas, 1994, pp. 29-62.

TOSCANO, Moema; GOLDENBERG, Mirian. A Revolução das Mulheres: um Balanço do Feminismo no Brasil. Rio de Janeiro, Revan, 1992.

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – NEMGE/CECAE. Ensino e Educação com Igualdade de Gênero na Infância e na Adolescência – Guia Prático para Educadores e Educadoras. São Paulo, Nemge/Cecae, 1996.

VARIKAS, Eleni. “Gênero, Experiência e Subjetividade: a Propósito do Desacordo Tilly-Scott”, in Cadernos Pagu, n. 3, Campinas, 1994, pp. 63-84.

ZAIDMAN, Claude. La Mixité à l’École Primaire. Paris, L’Harmattan, 1996.

Downloads

Publicado

2003-02-28

Edição

Seção

Textos

Como Citar

AUAD, DANIELA. EDUCAÇÃO PARA A DEMOCRACIA E CO-EDUCAÇÃO: APONTAMENTOS A PARTIR DA CATEGORIA GÊNERO. Revista USP, São Paulo, Brasil, n. 56, p. 136–143, 2003. DOI: 10.11606/issn.2316-9036.v0i56p136-143. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/33814.. Acesso em: 29 maio. 2024.