Dalcídio Jurandir e o romance de 30 ou um autor de 30 publicado em 40

Autores

  • Marlí Tereza Furtado Universidade Federal do Pará

Palavras-chave:

Dalcídio Jurandir, romance de 30, Chove nos campos de Cachoeira, Marajó

Resumo

O texto visa a discutir o alinhamento do romancista marajoara Dalcídio Jurandir junto a autores consagrados pelo cânone como representantes do romance da década de 30, na literatura brasileira. Considera-se, sobretudo, o caráter intimista de suas obras iniciais, principalmente Chove nos campos de Cachoeira e Marajó, escritas em 30, mas publicadas em 40, para demonstrar que ao autor não cabe apenas no enquadramento de autor regionalista

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Marlí Tereza Furtado, Universidade Federal do Pará
    é professora no programa de pós-graduação em letras da Universidade Federal do Pará

Downloads

Publicado

2015-06-18

Como Citar

Furtado, M. T. (2015). Dalcídio Jurandir e o romance de 30 ou um autor de 30 publicado em 40. Teresa, 16, 191-204. https://www.revistas.usp.br/teresa/article/view/115425