Notícias

As ciências da linguagem perdem um dos seus brilhantes pensadores: no último dia 24 de fevereiro, morreu Frédéric François

2020-02-28

Era professor honorário da Université Paris Descartes, atualmente Université de Paris, linguista e filósofo. Na década de 1980, criou e coordenou o Laboratório de estudos sobre aquisição e patologia da linguagem da criança. Orientou mais de uma centena de teses e dissertações de linguistas e fonoaudiólogos. Organizou e escreveu numerosos livros e artigos consagrados ao diálogo, à narrativa e ao funcionamento da linguagem da criança. François foi um grande intelectual, dotado de um pensamento singular, em diálogo com diversos autores da filosofia, da linguística, da psicologia, da literatura, das ciências humanas, em torno de questões complexas e variadas, como linguagem, sentido, interpretação, ponto de vista, narrativa, comentário, estilo, ciência, moral, ética, entre outras. Situava seus ensaios numa “fenomenologia dialógica”, segundo a qual ele buscava explicitar “ao menos um pouco” nossos “regimes de leitura”. 

Saiba mais sobre As ciências da linguagem perdem um dos seus brilhantes pensadores: no último dia 24 de fevereiro, morreu Frédéric François