Memórias a preservar: anônimos e quase anônimos – homens e fatos da liminaridade

Autores

  • Carlos Serrano Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2526-303X.v0i33-34p53-67

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-20

Como Citar

Serrano, C. (2014). Memórias a preservar: anônimos e quase anônimos – homens e fatos da liminaridade. África, (33-34), 53-67. https://doi.org/10.11606/issn.2526-303X.v0i33-34p53-67

Edição

Seção

Artigos