O BATUQUE DA PROCURA

  • Leonardo Lima Ribeiro UECE - Universidade Estadual do Ceará

Resumo

Contaremos a história de Iara. Uma menina que habita um lugar sem abundância d’água, ou melhor, um lugar no qual a regra da vida e dos indivíduos se faz a partir da extrema seca. Segue então a história de uma garotinha do Ceará que, embora seja nomeada pelos pais com o nome de indígena que vive em rios abundantes do norte do Brasil, tem, por outro lado, o corpo inteiramente mergulhado em outras paisagens, pela menina não elaboradas: envolvidas por terra em que a falta d’água e a secura do clima é que dão o tom da narrativa. A sua voz não é a de uma arquiteta de mundos, mas a de uma emudecida espera. Silêncio de uma suspenção, imanente a delicado corpo que batuca enquanto atravessado pelos gritos ensanguentados e gemidos outros advindos do sertão. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Lima Ribeiro, UECE - Universidade Estadual do Ceará
Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR); é especialista em Teorias da Comunicação e da Imagem pela UFC (Universidade Federal do Ceará); é mestre em filosofia (linha de pesquisa: Ética) pela UECE (Universidade Estadual do Ceará). É autor do livro Ciência Intuitiva e Suprema Liberdade na Ética de Spinoza [2013]. Tem interesses em: Ética; Filosofia Social e Política; Antropologia filosófica; Filosofia do direito; Lógica; Filosofia da Ação; Metafísica; Teoria do conhecimento; Estética; Audiovisual; Teorias da comunicação e da imagem; Cinema.
Publicado
2017-03-25
Como Citar
Ribeiro, L. (2017). O BATUQUE DA PROCURA. Revista Desassossego, 8(16), 142-152. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/desassossego/article/view/121236