Desempenho escolar: análise comparativa em função do sexo e percepção dos estudantes

Autores

  • Andréia Osti Universidade Estadual Paulista
  • Selma de Cássia Martinelli Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.1590/S1517-97022013005000021

Resumo

O presente artigo investigou o desempenho escolar em função do sexo e a percepção de alunos em relação às expectativas de seu professor. Participaram da pesquisa 120 alunos do 5º ano do ensino fundamental de escolas públicas municipais da região metropolitana de Campinas, dos quais 60 alunos têm desempenho escolar satisfatório e 60 têm desempenho insatisfatório. Foi utilizada uma escala de percepção de alunos acerca das expectativas dos professores; já para medir o desempenho escolar foi considerado o conceito atribuído pelo professor ao aluno. Os resultados revelaram diferenças significativas entre meninos e meninas do grupo de alunos com desempenho insatisfatório, pois a maioria (83,3%) era do sexo masculino. Por outro lado, não se verificaram diferenças estatisticamente significantes quando comparados meninos e meninas do grupo com desempenho escolar satisfatório, embora a média de desempenho escolar das meninas tenha sido maior. Em relação à percepção de seus professores, foram observadas diferenças nos dois grupos. Alunos com desempenho satisfatório se percebem mais elogiados e são escolhidos como ajudantes na sala de aula, enquanto alunos com desempenho insatisfatório acreditam receber mais críticas de seus professores e são vistos como mais indisciplinados. Os dados permitem discutir as relações vinculares entre alunos e professores, as influências das vivências e experiências no momento da aprendizagem e como essas influenciam o interesse e a motivação dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-03-01

Como Citar

Osti, A., & Martinelli, S. de C. (2014). Desempenho escolar: análise comparativa em função do sexo e percepção dos estudantes . Educação E Pesquisa, 40(1), 49-59. https://doi.org/10.1590/S1517-97022013005000021

Edição

Seção

Artigos