Foco e Escopo

Declaração de princípios éticos da publicação e de boas práticas dos editores da Revista Geografia, Literatura e Arte

A publicação de um artigo revisado por pares de maneira autônoma, independente e sem identificação dos autores e dos pareceristas é um modelo essencial para a Revista Geografia, Literatura e Arte. Definimos, aqui, padrões de comportamento ético esperados para todas as partes envolvidas no ato de publicação: o autor, o Conselho Editorial e o Comitê Científico. Esses princípios estão baseados no COPE’s Best Practice Guidelines for Journal Editors.

 

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Decisões sobre a publicação de artigos

O editor, presidente do Conselho Editorial, é responsável por decidir quais artigos submetidos à revista devem ser publicados.

O editor é guiado pelas políticas decididas pelo Conselho Editorial, pelas avaliações realizadas pelos integrantes do Comitê Científico e pelos pareceristas ad hoc da revista. Essas políticas devem obedecer às exigências legais em vigor sobre difamação, violação de direitos autorais e plágio. O editor pode consultar o Conselho Editorial para tomar a decisão final acerca da publicação ou não dos artigos apresentadas à revista.

 

Transparência e respeito à diversidade

O editor e o Conselho Editorial devem avaliar os manuscritos submetidos sem levar em conta a raça, sexo, a orientação sexual, a crença religiosa, a origem étnica, a nacionalidade ou a posição política dos autores.

 

Confidencialidade

O editor e o Conselho Editorial não devem divulgar qualquer informação sobre um manuscrito submetido a outras pessoas que não sejam o autor, o Comitê Científico e os pareceristas ad hoc.

 

Divulgação

Materiais inéditos divulgados em um manuscrito submetido não devem ser utilizados em pesquisas próprias de um editor ou integrante do Conselho Editorial e do Comitê Científico sem o consentimento expresso e por escrito do autor. Informações privilegiadas ou idéias obtidas por meio da leitura por pares devem ser mantidas confidenciais e não utilizadas para proveito pessoal.

 

Deveres dos Pareceristas

 

Contribuição para as decisões editoriais

A leitura pelos pares auxilia o editor na tomada de decisões editoriais, bem como pode auxiliar o autor na melhoria do artigo.

 

Pontualidade

Qualquer avaliador que não se sinta qualificado para analisar o artigo ou sabe que a sua imediata leitura será impossível deve notificar imediatamente o editor.

 

Confidencialidade

Quaisquer trabalhos recebidos para análise devem ser tratados como documentos confidenciais, não devendo ser mostrados ou discutidos com terceiros, exceto quando autorizado pelo editor.

 

Padrões de objetividade

Comentários devem ser conduzidos de forma objetiva. A crítica pessoal ao autor é inadequada. Os pareceristas devem expressar seus pontos de vista claramente apoiados em argumentos.

 

Sobre as fontes

O parecerista deverá se atentar para identificação de trabalhos relevantes que não foram citados pelos autores, bem como chamar a atenção do editor sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro texto publicado de que tenha conhecimento.

 

Conflitos de interesse

Havendo qualquer tipo de conflito de interesse, o parecerista deverá negar o pedido de emissão de avaliação ao original apresentado para publicação na Revista Geografia, Literatura e Arte.

 

 

Direitos e deveres dos Autores

 

Originalidade

Os autores deverão apresentar uma análise inédita e original, evidenciando o seu significado para o estado da arte. Dados complementares devem ser representados com precisão no artigo. O documento deve conter detalhes metodológicos suficientes e referências que permitam, se for o caso, que outros pesquisadores possam realizar análises valendo-se do mesmo instrumental teórico e metodológico.

Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

 

Plágio

Os autores devem garantir que as obras são inteiramente originais e se eles utilizam o trabalho e/ou textos de outros acadêmicos que isso seja devidamente citado.

 

Publicação múltipla

Um autor não deve publicar manuscritos que descrevem essencialmente a mesma pesquisa em mais de uma revista.

Enviar o mesmo manuscrito para mais de uma revista ao mesmo tempo e/ou publicar o mesmo artigo em mais de uma revista constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

 

Sobre as Fontes

O autor deverá tomar o máximo cuidado na identificação das fontes utilizadas para elaboração do texto, citando as que foram importantes na determinação da natureza da análise realizada.

 

Autoria

Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como co-autores do artigo. Todos os co-autores devem conferir e aprovar a versão final do documento e ter concordado com a sua submissão para publicação. No entanto, a Revista Geografia, Literatura e Arte não aceitará a inclusão de número superior a dois co-autores, além do autor principal.

 

Divulgação e Conflitos de Interesses

Todos os autores devem informar, junto ao sistema de envio do manuscrito, qualquer conflito financeiro ou de outra natureza que possa ser interpretado de forma a influenciar os resultados ou a interpretação de seu manuscrito. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

 

Erros fundamentais em trabalhos publicados

Quando autor que descobra um erro significativo ou imprecisão em seu trabalho publicado tem obrigação de informar imediatamente ao editor da revista para que seja realizada a correção do artigo.

Periodicidade

A Revista Geografia, Literatura e Arte é semestral, podendo publicar números especiais de acordo com decisão do Conselho Editorial.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Histórico do periódico

A Revista Geografia, Literatura e Arte é fruto do esforço acadêmico de interessados na aprofundamento transdiciplinar em leituras geoartístico-literárias, reunindo acadêmicos, escritores e artistas, cujos laços se fortificam nos Simpósio Nacional e Internacional de Geografia, Literatura e Arte, bem como no Grupo de Pesquisa de mesmo nome, credenciado no CNPq desde 2011.