Entre o tipo e a norma: reflexões sobre o comportamento do designer gráfico no ambiente acadêmico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v9i1p72-92

Palavras-chave:

Design gráfico - aspectos sociais, Mediação cultural. Normalização, Documentação científica, Regime de informação

Resumo

Este estudo exploratório busca compreender como os designers gráficos, especialistas em mediar informações pelo aspecto simbólico da tipografia, comportam-se diante dos mecanismos ordenadores do texto científico. Parte-se do pressuposto de que as convenções normativas, ao estabelecerem uma estética padronizada, restringem o potencial significante dos tipos a modelos preconcebidos. Diante disso, deseja-se saber como os designers que atuam no ensino superior lidam com essa questão, se eles resistem ao serviço de normalização e que soluções podem ser apresentadas a fim de melhorar ou alterar os padrões atuais. Em campo, optou-se por trabalhar com o grupo “Professores de Tipografia” do Facebook™, pois reúne designers docentes de diferentes instituições brasileiras, além de algumas internacionais. Foi disponibilizado para eles um questionário digital criado pelo Google Forms™, cujo conteúdo das respostas foi analisado com base no conceito de regime de informação de Frohmann (1995) e de González de Gómez (2012). Pelo retorno obtido, percebe-se que as ações e as opiniões dos depoentes apresentam marcas do regime ordenador científico, configurando-lhes um comportamento acadêmico condicionado pela norma, a despeito de suas habilidades como comunicadores visuais. Conclui-se que, apreendidos por esse sistema, os depoentes não somente seguem as prescrições normativas, mas as reforçam, ampliando o poder regulatório consolidado no rigor estrutural do texto, na escrita objetivada e na funcionalidade operacional dos meios que armazenam e recuperam a informação.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Ismael Lopes Mendonça, Universidade Federal do Ceará
    Mestrando em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará, Brasil. Especialista em Teorias da Comunicação e da Imagem e graduado em Comunicação Social, com habilitação em Publicidade e Propaganda, pela Universidade Federal do Ceará, Brasil. Integrante do grupo de pesquisa Competência e Mediação em Ambientes de Informação.
  • Luiz Tadeu Feitosa, Universidade Federal do Ceará
    Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará, Brasil. Professor do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará, Brasil.
  • Maria de Fátima Oliveira Costa, Universidade Federal do Ceará

    Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista, Brasil. Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal do Ceará, Brasil.

Downloads

Publicado

2018-06-01

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

MENDONÇA, Ismael Lopes; FEITOSA, Luiz Tadeu; COSTA, Maria de Fátima Oliveira. Entre o tipo e a norma: reflexões sobre o comportamento do designer gráfico no ambiente acadêmico. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, Brasil, v. 9, n. 1, p. 72–92, 2018. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v9i1p72-92. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/141419.. Acesso em: 20 jun. 2024.