Delineamentos conceituais da competência em informação e da competência crítica em informação: uma proposta

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v13i1p6-26

Palavras-chave:

Competência em Informação, Competência Crítica em Informação, Mapa conceitual

Resumo

A partir de uma revisão de literatura sobre Competência em Informação (Coinfo) e Competência Crítica em Informação (CCI), esta pesquisa exploratória, de abordagem qualitativa e procedimento bibliográfico buscou delinear os principais conceitos destas temáticas para compreendê-las. Neste intuito, representando as interrelações destes conceitos mediante mapas conceituais (utilizando o software CmapTools), foi possível identificar as aproximações e distinções entre elas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Cristina Brisola, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, RJ, Brasil. Professora Tutora do Centro Universitário Augusto Motta, Brasil.

Denise Braga Sampaio, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB, PB, Brasil; Professora Assistente da Universidade Federal da Bahia – UFBA, BA, Brasil.

Maurício Augusto Cabral Ramos Junior, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal Fluminense – UFF, RJ, Brasil.

Referências

AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION. Information literacy competency standards for higher education. Chicago: ACRL, 2000.

AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION. Information literacy standards for student learning: standards and indicators. Chicago: AASL; AECT, 1998.

ARAÚJO, Carlos Alberto Ávila. Correntes teóricas da ciência da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 38, n. 3, p. 192-204, set./dez., 2009.

ARAÚJO. Carlos Alberto Ávila. Manifestações (e ausências) de pensamento crítico na ciência da informação. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v. 27, n. 2, p. 9-29, jul./dez. 2013.

ASSOCIATION OF COLLEGE & RESEARCH LIBRARIES (ACRL). Framework for information literacy for higher education. Chicago: ACRL, 2016.

BARITÉ, M. Diccionario de organización del conocimiento: classificación, indización, terminología. Montevideo: CSIC, 2015.

BEZERRA, Arthur C. Vigilância e filtragem de conteúdo nas redes digitais: desafios para a competência crítica em informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 16., 2015, João Pessoa. [Anais...]. João Pessoa: ANCIB, 2015.

BEZERRA, Arthur C. Teoria crítica da informação: proposta teórico metodológica de integração entre os conceitos de regime de informação e competência crítica em informação. In: iKritika: estudos críticos em informação. Gramond. Rio de Janeiro. 2019.

BEZERRA, Arthur C.; SCHNEIDER, Marco A. F.; BRISOLA, Anna C. Pensamento reflexivo e gosto informacional: disposições para competência crítica em informação. Informação & Sociedade-Estudos, v. 27, p. 7-16, 2017.

BRISOLA, Anna C. A ágora digital, a competência crítica em informação e a cidadania ampliada: uma construção possível. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) –Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Comunicação, Rio de Janeiro, 2016.

BRISOLA, Anna C. Competência crítica em informação como resistência à sociedade da desinformação sob um olhar freiriano: diagnósticos, epistemologia e caminhos ante as distopias informacionais contemporâneas. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) –Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Comunicação, Rio de Janeiro, 2021.

BRISOLA, Anna; SCHNEIDER, Marco; SILVA JUNIOR, Jobson F. Competência crítica em informação, ética intercultural da informação e cidadania global na era digital: fundamentos e complementaridades. In: XVIII ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 18., 2017, Marília. [Anais...]. Marília: Unesp, 2017.

BRUCE, Christine. Information literacy research: dimensions of the emerging collective consciousness [reprint]. Australian Academic & Research Libraries, v. 47, n. 4, p. 220-238, 2016.

CAREGNATO, Sônia Elisa. O desenvolvimento de habilidades informacionais: o papel das bibliotecas universitárias no contexto da informação digital em rede. Revista de Biblioteconomia & Comunicação, Porto Alegre, v. 8, p. 47-55, jan./dez. 2000.

CAVALCANTE, Lídia Eugênia. Política de formação para a competência informacional: o papel das universidades. Rev. Bras.de Bibliot. e Doc., São Paulo, v. 2, n. 2, p. 47-62, dez. 2006.

CORRÊA, Elisa Cristina Delfini; CASTRO JÚNIOR, Orlando Vieira de. Perspectivas sobre competência em informação: diálogos possíveis. Ci.Inf., Brasília, DF, v. 47 n. 2, p. 35-51, maio/ago. 2018.

DEWEY, John. Como pensamos. Como se relaciona o pensamento reflexivo com o processo educativo: uma reexposição. São Paulo: Ed. Nacional, 1959.

DEWEY, John. Experiência e educação. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1979. (Atualidades Pedagógicas).

DOYLE, Andrea. Competência crítica em informação nas escolas ocupadas do Rio de Janeiro. 2017. 140 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Escola de Comunicação, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2017.

DUDZIAK, Elizabeth Adriana. Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, Brasília, v. 32, n. 1, p. 23-35, jan./abr. 2003.

ELMBORG, James. Critical information literacy: definitions and challenges. In: WILKINSON, Carroll Wetzel; BRUCH, Courtney (Org.). Transforming information literacy programs: intersecting frontiers of self, library culture, and campus community. Chicago: Association of College and Research Libraries, 2012.

FARIA, Maria Giovanna Guedes; VARELA, Aida Varela; FREIRA, Isa Maria. Competência em informação para comunidades: empoderamento e protagonismo social. Perspect. ciênc. inf., Belo Horizonte, v. 24, n. 1, p. 4-24, mar. 2019.

FIGUEIREDO, Márcia Feijão de. Ferramentas no julgamento avaliativo em ambiente web para buscas com vistas ao desenvolvimento de competência crítica em informação. Revista Conhecimento em Ação, Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, jul./dez. 2016.

FRANCELIN, M. M.; MARTINS, M. T.; SOARES, M. S. B. Questões preliminares sobre os espaços de significação e a organização do conhecimento: conceito, linguagens e conhecimentos marginais. Informe: Estudos em Biblioteconomia e Gestão da Informação, v. 1, n. 1, p. 78-86, 2012.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GRAMSCI, Antonio. Escritos políticos. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004.

GRAMSCI, Antônio. Os intelectuais e a organização da cultura. Tradução Carlos Nelson Coutinho. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 1982. (Perspectivas do homem, 48)

GREGORY, Lua; HIGGINS, Shana. Critical information literacy in practice: a bibliographic review essay of critical information literacy, critical library pedagogy handbook, and critical literacy for information professionals. Communications in Information Literacy. v. 11, n. 2, 2017.

HATSCHBACH, Maria Helena de Lima. Information literacy: aspectos conceituais e iniciativas em ambiente digital para o estudante de nível superior. 2002. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, IBICT, Rio de Janeiro, 2002.

HORKHEIMER, M. Teoria tradicional e teoria crítica. São Paulo: Abril Cultural, 1980.

KELLY, Jeff. 2013. Paul G. Zurkowski and information literacy: On his trip to the first European Conference on Information Literacy (ECIL). Journal of Information Literacy, v. 7, n. 2, p. 163-167. http://dx.doi.org/10.11645/7.2.1867.

LE COADIC, Yves-François. A ciência da informação. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas (1845-1846). São Paulo: Boitempo, 2007.

MARX, Karl. O capital: crítica da economia política: Livro I: o processo de produção do capital. São Paulo: Boitempo, 2013.

MOREIRA, Marco Antônio. Mapas conceituais e aprendizagem significativa. São Paulo, Centauro, 2010.

O’CONNOR, L. G. Librarians’ professional struggles in the information age: a critical analysis of information literacy (doctoral dissertation). [S. l.]: Kent State University, 2006.

SAMPAIO, Denise Braga. Mediação bibliotecária no desenvolvimento de competências em informação para o uso do portal de periódicos da Capes. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – UFPE-PPGCI, Pernambuco, 2016.

SANTOS, Raimundo Nonato Ribeiro dos; LIMA, Gláucio Barreto de; FREIRE, Isa Maria. Interfaces sociais da Ciência da Informação: competência em informação por pessoas LGBTI. In: FARIAS, Gabriela Belmont de; FARIAS; Maria Giovanna Guedes. Competência e mediação da informação: percepções dialógicas entre ambientes abertos e científicos. São Paulo: Abecin, 2019.

SCHNEIDER, Marco. A dialética do gosto: informação, música e política. Rio de Janeiro: Circuito: Faperj, 2015.

TEWELL, Eamon. A decade of critical information literacy. Communications in Information Literacy, v. 9, n. 1, 2015.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Competência informacional: bases históricas e conceituais: construindo significados. Ciência da Informação, Brasília, v. 38, n. 3, p. 130-141, set./dez., 2009.

VITORINO, Elizete Vieira; PIANTOLA, Daniela. Competência informacional: conceito, contexto histórico e olhares para a Ciência da Informação. Florianópolis: UFSC, 2019.

WARD, D. Revisioning information literacy for lifelong meaning. The Journal of Academic Librarianship, v. 32, n. 4, p. 396–402. 2006

ZURKOWSKI, P. G. The information service environment relationships and priorities: report 5. Washington: National Commission on Libraries and Information Science, 1974.

Downloads

Publicado

2022-07-01

Como Citar

BRISOLA, A. C.; SAMPAIO, D. B.; RAMOS JUNIOR, M. A. C. Delineamentos conceituais da competência em informação e da competência crítica em informação: uma proposta. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 6-26, 2022. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v13i1p6-26. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/188364. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos