Dilemas dos sistemas híbridos de comunicação institucional: análise das tensões e dos conflitos no projeto da Câmara dos Deputados

Autores

  • Antonio Teixeira de Barros Câmara dos Deputados. Centro de Formação
  • Cristiane Brum Bernardes Câmara dos Deputados

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-2593.organicom.2015.139263

Palavras-chave:

Comunicação institucional.Comunicação e política. Comunicação pública. Câmara dos deputados. Mídias legislativas.

Resumo

Este artigo analisa as tensões típicas de um sistema híbrido de comunicação institucional, a partir de um balanço recentesobre o sistema de comunicação da Câmara dos Deputados. A tendência da comunicação institucional contemporânea é aconstituição de sistemas híbridos e integrados, com equipes de diferentes áreas profissionais, como jornalismo, relaçõespúblicas, publicidade e mídias digitais. Tal sistema favorece o potencial de agregação de talentos e de possibilidades dedivulgação para a sociedade. Por outro lado, também podem surgir tensões e conflitos, em diferentes níveis, principalmenteentre as diversas culturas profissionais envolvidas e entre a esfera da gestão e da execução das atividades. O estudo destacaos conflitos entre as diferentes culturas profissionais, além das dissonâncias entre o projeto institucional e os interessesdos parlamentares e dos partidos políticos. Conclui que a eficácia institucional do projeto depende de um arranjo políticopara atenuar essas tensões e conflitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Teixeira de Barros, Câmara dos Deputados. Centro de Formação

Pós-doutor em Comunicação pela Universidade Fernando Pessoa, Portugal. Doutor em Sociologia e mestre em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB). Graduação em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Docente e pesquisador do Programa de Mestrado em Ciência Política do Centro de Formação da Câmara dos Deputados, vinculado à linha de pesquisa Política Institucional do Poder Legislativo. Coordenador do grupo de pesquisa “Interatividade, visibilidade e transparência: estratégias da Câmara dos Deputados para aperfeiçoamento da democracia”.

Cristiane Brum Bernardes, Câmara dos Deputados

Doutora em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-Uerj). Mestra em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela UFRGS. Docente do Mestrado Profissional em Poder Legislativo da Câmara dos Deputados. Pesquisadora visitante no Centro de Estudos Legislativos da Escola de Política, Filosofia e Estudos Internacionais da Universidade de Hull, no Reino Unido.

Downloads

Publicado

2015-06-16